"Refrain" (em português "Refrão") foi a canção vencedora do Festival Eurovisão da Canção 1956, escrita por Émile Gardaz e Géo Voumard[1], interpretada por Lys Assia representando a Suíça, tendo sido a segunda canção helvética da noite, depois de Das alte Karussell, também cantada por Lys Assia.

Refrain
País
Artista(s)
Língua
Francês
Compositor(es)
Géo Voumard
Letrista(s)
Émile Gardaz
Resultado da final
1.º
Pontos da final
Não revelado
Cronologia de aparecimentos
◄ "Das alte Karussell" (1956)   
"L'enfant que j'étais" (1957) ►

A canção retrata o clássico tema dos amores na adolescência.

Foi a 9ª canção a ser apresentada na noite do Festival (depois de Corry Brokken representar a Holanda com "Voorgoed voorbij" e antes de Mony Marc representar a Bélgica com Le plus beau jour de ma vie. Foi a vencedora do Festival, mas seus ponto nunca foram revelados, sendo a primeira vencedora do Festival Eurovisão da Canção

A canção que a sucedeu como representante Suíça no Festival de 1957 foi "L'enfant que j'étais interpretada também por Assia.

Outras versõesEditar

A cantora também lançou versões em alemão e em inglês

  • "Refrain, du goldner Traum aus meiner Jugendzeit" (alemão)
  • "last night" (inglês)

Referências

  Este artigo sobre Eurovisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.