Abrir menu principal

Suíça no Festival Eurovisão da Canção

Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2015). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, e ainda pode necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde setembro de 2015).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Ícone de esboço Este artigo sobre Eurovisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Suíça

Bandeira de Suíça
Euro Bandeira de Suíça
Bandeira Nacional EuroBandeira
Estação televisiva representante SRG SSR 2011 logo.svg
Seleção Nacional
Seleção Nacional Junior Mara & Meo
País Anfitrião 1956, 1984
Histórico no Festival Eurovisão da Canção
Participações 60
Primeira participação 1956
Anos em que não participou 1995, 1999, 2001, 2003
Melhor resultado nas finais 1º Lugar: 1956, 1988
Pior resultado nas finais 24º Lugar: 1998, 2011
Melhor resultado nas semifinais 4º Lugar: 2014, 2019
Pior resultado nas semifinais 22º Lugar: 2004
Histórico no Festival Eurovisão da Canção Júnior
Participações 1
Primeira participação 2004
Anos em que não participou Desde 2004
Última participação 2004
Melhor resultado 16º Lugar: 2004
Pior resultado 16º Lugar: 2004
Histórico no Festival Eurovisão de Dança
Histórico no Festival Eurovisão da Canção de Jovens Músicos
Histórico no Festival Eurovisão da Canção de Jovens Dançarinos
Histórico no Coro do Ano da Eurovisão
Website Nacional Oficial SF page
Página na Eurovisão Suíça na Eurovisão
Página na Eurovisão Junior Suíça na Eurovisão Junior

A Suíça participou no Festival Eurovisão da Canção, pela 1ª vez em 1956. Ganhou duas vezes, em 1956 e em 1988.

A Suíça em 2019 ficou em 4º lugar com 360º pontos com a música She Got Me de Lucas Hänni.

A Suíça ficou em 2º lugar três vezes (1958,1963,1986,)

Em 3º lugar ficou 2 vezes (1961,1993

LínguasEditar

 
Difusão das línguas nacionais na Suíça
  Alemão
  Francês
  Italiano
  Romanche

A Suíça tem quatro línguas oficiais, o francês, o alemão, o italiano e o romanche. Durante décadas, as canções que representavam os país, tinham de ser interpretados numa das suas línguas oficiais, Como a Suiça tinha 4 línguas oficiais, podia representar o país com uma das suas 4 línguas oficiais. Fora de suas 51 aparições no Concurso, na Suíça enviou 52 canções, 24 das quais eram em francês, 12 em alemão, 12 em Inglês, dez em italiano, e uma em romanche. Ambas as canções vencedoras da Suíça foram cantadas em francês.

Idioma Vezes
  Francês 23
  Inglês 13
  Alemão 12
  Italiano 11
  Romanche 1


BackgroundEditar

Antes do concurso de 2019, a Suíça havia participado no Eurovision Song Contest cinquenta e nove vezes desde sua primeira participação em 1956. [1] A Suíça é conhecida por ter vencido a primeira edição do Eurovision Song Contest com a música "Refrain", realizada por Lys Assia. A segunda e, até agora, a vitória mais recente foi alcançada em 1988, quando a cantora canadense Céline Dion venceu o concurso com a música "Ne partez pas sans moi". Após a introdução das meias-finais para 2004, a Suíça conseguiu participar da final quatro vezes até este ponto. Em 2005, a seleção interna da girl band estoniana Vanilla Ninja, tocando a música "Cool Vibes", qualificou a Suíça para a final, onde ficou em 8º. Devido ao seu sucesso em 2005, a Suíça foi pré-qualificada para competir diretamente na final em 2006. Entre 2007 e 2010, o país não se classificou para a final após uma série de seleções internas. Desde que optou por organizar uma final nacional a partir de 2011, a Suíça conseguiu se classificar para a final duas vezes. Em 2018, a Suíça não conseguiu se classificar para a final, ficando em 13º na semifinal com a música "Stones", apresentada por Zibbz. A última vez que se qualificaram foi em 2014.

A emissora nacional suíça, Swiss Broadcasting Corporation (SRG SSR), transmite o evento na Suíça e organiza o processo de seleção para a entrada do país. O SRG SSR confirmou suas intenções de participar do Eurovision Song Contest 2018 em 15 de maio de 2018. [2] Juntamente com a confirmação da participação, a emissora também anunciou que a inscrição suíça para o concurso de 2018 seria selecionada por meio de um Die Entscheidungsshow, que foi usado para selecionar a inscrição suíça para o Eurovision Song Contest 2011, foi descartada como parte de medidas de austeridade, e portanto, optaria por uma seleção interna para selecionar sua entrada para 2019. A última vez que a Suíça selecionou internamente sua entrada foi em 2010.

Antes da EurovisãoEditar

Seleção internaEditar

Em 19 de julho de 2018, foi anunciado que a Suíça abandonaria o Die Entscheidungsshow e selecionaria sua entrada com 120 membros do júri para selecionar a música que os representaria no palco no Eurovision Song Contest 2019. [3]

FormatoEditar

Os júris consistiram em um painel público de 100 membros, que foi organizado de acordo com critérios selecionados em cooperação com o Digame, enquanto um Júri Internacional de Especialistas de 100 membros foi formado por ex-membros dos júris dos respectivos países na Eurovision. Ambos os júris terão uma participação de 50% na entrada suíça de Israel. Quando a janela de envio foi fechada em 1º de outubro, os dois júris foram convidados a ouvir todas as músicas. Todas as emissoras suíças; SRF, RSI, RTS e RTR tinham a capacidade de adicionar entradas curinga à seleção. A decisão final sobre a entrada da Suíça no Eurovision Song Contest 2019 foi tomada pelo júri público e pelo júri de especialistas internacionais, com o vencedor revelado em 8 de março de 2019 pelas emissoras suíças. [4] Em 19 de dezembro de 2018, a SRF revelou o júri internacional de 21 membros que ajudará a determinar a participação e o artista suíço no Eurovision Song Contest 2019

Seleção RSIEditar

Em 21 de julho de 2018, a emissora de língua italiana da Suíça, RSI, lançou sua busca pela próxima entrada do país no Eurovision Song Contest. Cantores e compositores interessados puderam enviar suas inscrições entre 27 de julho e 30 de agosto. [5] Em 10 de setembro de 2018, o RSI revelou as treze músicas em disputa para a seleção do Eurovision 2019. Também foi lançada uma pesquisa pública para que o público vote em seu favorito até 28 de setembro. Em 30 de setembro, o RSI revelou as três entradas que avançaram para a próxima etapa da seleção. [6.

RSI Seleção – 21 July 2018
Artista Música Votos
Davide Buzzi "Mama" 0
Dianaerika Lettieri "Amore infernale" 0
Iris Moné "Lift My Soul Up" 0
"Torno a casa" 0
Julie Meletta "Mama (I Walk Alone)" 13
Karin Cerini "Sorry" 2
Max Deste "Dove finisce il giorno" 0
Nick Antik "Until You Will Be Mine" 3
Scilla Hess "Playground" 7
Scilla Hess "Silence Breakers" 3
Sebalter "Carry the Light" 12
Theo "One More Time" 0
Tommaso Giacopini "Mi hai detto ama" 0

Seleção SRFEditar

Em 16 de novembro de 2018, a emissora alemã de língua alemã, SRF, revelou que cinco músicas haviam chegado à rodada final, que seria testada por produtores musicais e vários artistas, que então enfrentariam o júri para mais avaliações, com a entrada final a ser revelado em março. [7]

Seleção finalEditar

Em 8 de março de 2019, Luca Hänni foi anunciada como a participante suíça no Eurovision Song Contest 2019 com a música "She Got Me". [8]

Na EurovisãoEditar

De acordo com as regras da Eurovisão, todos os países, com exceção do país anfitrião e do "Big 5" (França, Alemanha, Itália, Espanha e Reino Unido), devem se qualificar em uma das duas semifinais para competir pela final; os dez principais países de cada semifinal até a final. A União Européia de Radiodifusão (UER) dividiu os países concorrentes em seis potes diferentes, com base nos padrões de votação de concursos anteriores, com países com histórico favorável de votação colocados no mesmo pote. Em 28 de janeiro de 2019, foi realizado um sorteio especial que colocou cada país em uma das duas meias-finais, bem como em qual metade do show eles se apresentaram. A Suíça foi colocada na segunda semifinal, a ser realizada em 16 de maio de 2019, e estava programado para se apresentar na primeira metade do show. [9]

Depois que todas as músicas concorrentes para o concurso de 2019 foram lançadas, a ordem das meias-finais foi decidida pelos produtores dos shows, e não através de outro sorteio, para que músicas semelhantes não fossem colocadas próximas umas das outras. A Suíça estava programada para atuar na posição 4, após a entrada da Moldávia e precedendo a entrada da Letônia. [10]

SemifinalEditar

A Suíça se apresentou em quarto lugar na segunda semifinal, após a entrada da Moldávia e a entrada da Letônia. No final do show, a Suíça foi anunciada como tendo terminado no top 10 e subseqüentemente se classificando para a grande final. Mais tarde, foi revelado que a Suíça ficou em quarto lugar na semifinal, recebendo um total de 232 pontos: 137 pontos na televisão e 95 pontos nos júris.

VotaçãoEditar

A votação durante os três shows envolveu cada país atribuindo dois conjuntos de pontos de 1 a 8, 10 e 12: um do júri profissional e o outro da televisão. O júri de cada nação consistia em cinco profissionais da indústria da música que são cidadãos do país que representam, com seus nomes publicados antes do concurso para garantir a transparência. Este júri julgou cada entrada com base em: capacidade vocal; a performance no palco; a composição e originalidade da música; e a impressão geral do ato. Além disso, nenhum membro de um júri nacional foi autorizado a se relacionar de alguma forma com nenhum dos atos concorrentes de tal forma que eles não possam votar de forma imparcial e independente. A classificação individual de cada membro do júri, bem como os resultados televisivos do país, serão divulgados logo após a grande final. [11]

Pontos atribuídos à SuíçaEditar

Points awarded to Switzerland (Semi-final 2)
Televote
12 points 10 points 8 points 7 points 6 points
5 points 4 points 3 points 2 points 1 point
Jury
12 points 10 points 8 points 7 points 6 points
5 points 4 points 3 points 2 points 1 point

Points awarded by SwitzerlandEditar


GaleriaEditar

ParticipaçõesEditar

A Suíça é, de certa forma, a casa da Eurovisão, tendo em conta que a primeira edição realizou-se em Lugano, neste mesmo país. Desde a primeira edição até 1958 a intérprete suíça na Eurovisão foi sempre a mesma: Lys Assia, sendo que as suas maiores classificações foram no ano de estreia (1º lugar) e em 1958, onde alcançou o 2º lugar. Já na década de 60, a Suíça alcança o 3º e 2º lugar (1961 e 1963, respectivamente). No entanto, acaba por alcançar 2 últimos lugares, estes com 0 pontos (1964, 1967). Na década de 70 a Suíça continua no role das boas classificações, apenas no ano de 1974 ficou em último lugar com 0 pontos. A década de 80 é uma década de glória para a Suíça! Consegue 3 lugares no pódio, mais precisamente 3º, 2º e 1º lugar. (1982, 1986 e 1988). Em 1988, a Suíça é representada pela famosa cantora canadiana Céline Dion. Na década de 90, o melhor resultado atingido foi um 3º lugar, em 1993. Desde que existe o processo de semi-finais, a Suíça passou à final em 2005, 2006, 2011 e 2014.

Legenda
     Vencedor
     2.º lugar
     3.º lugar
     Pontuação Nula ("Null Points")/Último Lugar
     Melhor qualificação (fora do top 3)


# Ano Sede Artista Língua Canção Tradução Final[1] Pontos Semi Pontos
1956 (1º)   Lugano Lys Assia Alemão "Das alte Karussell" O velho carrosel 0 Sem Semi-Finais
Francês "Refrain" Refrão 0
1957 (2º)   Frankfurt Lys Assia Francês "L'enfant que j'étais" A criança que eu era 5
1958 (3º)   Hilversum Lys Assia Alemão & Italiano "Giorgio" Giorgio 24
1959 (4º)   Cannes Christa Williams Alemão "Irgendwoher" De algures 14
1960 (5º)   Londres Anita Traversi Italiano "Cielo e terra" Céu e Terra 5
1961 (6º)   Cannes Franca Di Rienzo Francês "Nous aurons demain" Teremos amanhã 16
1962 (7º)   Luxemburgo Jean Philippe Francês "Le retour" O retorno 10º 2
1963 (8º)   Londres Esther Ofarim Francês "T'en va pas" Não te vás embora 40
1964 (9º)   Copenhaga Anita Traversi Italiano "I miei pensieri" Os meus pensamentos 13º 0
10º 1965 (10º)   Nápoles Yovanna Francês "Non, à jamais sans toi" Não, jamais sem ti 8
11º 1966 (11º)   Luxemburgo Madeleine Pascal Francês "Ne vois-tu pas?" Não vês? 12
12º 1967 (12º)   Viena Géraldine Gaulier Francês "Quel cœur vas-tu briser?" Que coração vais tu partir? 17º 0
13º 1968 (13º)   Londres Gianni Mascolo Italiano "Guardando il sole" Olhando o sol 13º 2
14º 1969 (14º)   Madrid Paola del Medico Alemão "Bonjour, Bonjour" Bom dia, Bom dia 13
15º 1970 (15º)   Amesterdão Henri Dès Francês "Retour" Regresso 8
16º 1971 (16º)   Dublin Peter, Sue and Marc Francês "Les illusions de nos vingt ans" As ilusões dos nossos vinte anos 12º 78
17º 1972 (17º)   Edinburgo Véronique Müller Francês "C'est la chanson de mon amour" É a canção do meu amor 88
18º 1973 (18º)   Luxemburgo Patrick Juvet Francês "Je vais me marier, Marie" Eu vou casar-me, Maria 12º 79
19º 1974 (19º)   Brighton Piera Martell Alemão "Mein Ruf Nach Dir" A minha chamada para ti 14º 3
20º 1975 (20º)   Estocolmo Simone Drexel Alemão "Mikado" Mikado 77
21º 1976 (21º)   Haia Peter, Sue and Marc Inglês "Djambo, Djambo" Djambo, Djambo 91
22º 1977 (22º)   Londres Pepe Lienhard Band Alemão "Swiss Lady" Senhora suíça 71
23º 1978 (23º)   Paris Carole Vinci Francês "Vivre" Viver 65
24º 1979 (24º)   Jerusalém Peter, Sue, Marc, Pfuri, Gorps and Kniri Alemão "Trödler und Co" Folgazão e Cia 10º 60
25º 1980 (25º)   Haia Paola Francês "Cinéma" Cinema 104
26º 1981 (26º)   Dublin Peter, Sue and Marc Italiano "Io senza te" Eu sem ti 121
27º 1982 (27º)   Harrogate Arlette Zola Francês "Amour on t'aime" Amor, amamos-te 97
28º 1983 (28º)   Munique Mariella Farré Italiano "Io così non ci sto" Assim não estou de acordo 15º 28
29º 1984 (29º)   Luxemburgo Rainy Day Alemão "Welche Farbe hat der Sonnenschein?" Que cor tem a luz do Sol? 16º 30
30º 1985 (30º)   Gotemburgo Mariella Farré & Pino Gasparini Alemão "Piano, piano" Lentamente, lentamente 12º 39
31º 1986 (31º)   Bergen Daniela Simons Francês "Pas pour moi" Não para mim 140
32º 1987 (32º)   Bruxelas Carol Rich Francês "Moitié, moitié" Metade, metade 17º 26
33º 1988 (33º)   Dublin Céline Dion Francês "Ne partez pas sans moi" Não partam sem mim 137
34º 1989 (34º)   Lausanne Furbaz Romanche "Viver senza tei" Viver sem ti 13º 47
35º 1990 (35º)   Zagreb Egon Egemann Alemão "Musik klingt in die Welt hinaus" A música toca por todo o mundo 11º 51
36º 1991 (36º)   Roma Sandra Simó Italiano "Canzone per te" Canção para ti 118
37º 1992 (37º)   Malmö Daisy Auvray Francês "Mister Music Man" Senhor Músico 15º 32
38º 1993 (38º)   Millstreet Annie Cotton Francês "Moi, tout simplement" Eu, simplesmente 148 Kvalifikacija za Millstreet
39º 1994 (39º)   Dublin Duilio Italiano "Sto pregando" Estou a rezar 19º 15 Sem Semi-Finais
1995 (40º)   Dublin Não participou
40º 1996 (41º)   Oslo Kathy Leander Francês "Mon cœur l'aime" O meu coração ama-o 16º 22 67
41º 1997 (42º)   Dublin Barbara Berta Italiano "Dentro di me" Dentro de mim 22º 5 Sem Semi-Finais
42º 1998 (43º)   Birmingham Gunvor Alemão "Lass ihn" Deixa-o 25º 0
1999 (44º)   Jerusalém Não participou
43º 2000 (45º)   Estocolmo Jane Bogaert Italiano "La vita cos'è?" O que é a vida? 20º 14
2001 (46º)   Copenhaga Não participou
44º 2002 (47º)   Tallinn Francine Jordi Francês "Dans le jardin de mon âme" No jardim da minha alma 22º 15
2003 (48º)   Riga Não participou
45º 2004 (49º)   Istambul Piero & The MusicStars Inglês "Celebrate!" Celebrar! Não se classificou 22º 0
46º 2005 (50º)   Kiev Vanilla Ninja Inglês "Cool Vibes" Boas Vibrações 128 114
47º 2006 (51º)   Atenas six4one Inglês "If We All Give a Little" Se todos dermos um bocadinho 16º 30 Top 11 no ano anterior
48º 2007 (52º)   Helsínquia DJ BoBo Inglês "Vampires Are Alive" Os vampiros estão vivos Não se classificou 20º 40
49º 2008 (53º)   Belgrado Paolo Meneguzzi Italiano "Era stupendo" Era Estupendo 13º 47
50º 2009 (54º)   Moscovo Lovebugs Inglês "The Highest Heights" As alturas mais altas 14º 15
51º 2010 (55º)   Oslo Michael von der Heide Francês "Il pleut de l'or" Está a chover ouro 17º 2
52º 2011 (56º)   Düsseldorf Anna Rossinelli Inglês "In Love for a While" Apaixonada por um Momento 25º 19 10º 55
53º 2012 (57º)   Baku Sinplus Inglês "Unbreakble" Impartível Não se classificou 11º 45
54º 2013 (58º)   Malmö Takasa Inglês "You and Me" Tu e eu 13º 41
55º 2014 (59º)   Copenhaga Sebalter Inglês "Hunter of Stars" Caçador de Estrelas 13º 64 92
56º 2015 (60º)   Viena Mélanie René Inglês "Time to Shine" Hora de Brilhar Não se classificou 17º 4
57º 2016 (61º)   Estocolmo Rykka Inglês "The Last of Our Kind" O último de nossa espécie 18º 28
58º 2017 (62º)   Kiev Timebelle Inglês "Apollo" Apolo 12º 97
59º 2018 (63º)   Lisboa Zibbz Inglês "Stones" Pedras 13º 86
60º 2019 (64º)   Tel Aviv Luca Hänni Inglês "She Got Me" Ela apanhou-me 360 232

ApresentadoresEditar

Comentadores e porta-vozesEditar

Ao longo dos anos a Suíça tem transmitido o Festival Eurovisão da Canção em três estações de televisão, SRF (alemão), RTS (francês) e RSI (italiano).

Ano(s) Comentadores suíço-alemães Segundo comentador suíço-alemães Comentadores suíço-franceses Segundo comentador suíço-franceses Comentadores suíço-italianos Segundo comentador suíço-italianos Porta-voz
1956 Sem transmissão Sem segundo comentador Georges Hardy Sem segundo comentador Sem transmissão Sem segundo comentador
1957 Mäni Weber
1958 Theodor Haller
1959 Boris Acquadro
1960
1961
1962 Giovanni Bertini
1963
1964 Alexandre Burger
1965
1966
1967
1968
1969
1970
1971 Sem porta-voz
1972
1973
1974 Michel Stocker
1975
1976
1977
1978
1979
1980
1981
1982
1983
1984 Bernard Thurnheer Serge Moisson Ezio Guidi
1985
1986
1987
1988
1989 Desconhecido
1990 Emanuela Gaggini
1991 Lolita Morena
1992 Mariano Tschuor Ivan Frésard
1993 Bernard Thurnheer Jean-Marc Richard
1994 Wilma Gilardi Sandra Simo
1995 Heinz Margot Joanne Holder Não participou
1996 Sandra Studer Pierre Grandjean Yves Ménestrier
1997 Heinz Margot Roman Kilchsperger Jonathan Tedesco Sandy Altermatt
1998 Jean-Marc Richard Regula Elsener
1999 Sandra Studer Sem segundo comentador Não participou
2000 Astrid Von Stockar
2001 Não participou
2002 Phil Mundwiller Claudio Lazzarino Diana Jörg
2003 Roman Kilchsperger Jean-Marc Richard Alain Morisod Daniele Rauseo Sem segundo comentador Não participou
2004 Sandra Studer Daniela Tami Claudio Lazzarino Emel Aykanat
2005 Marie-Thérèse Porchet Cécile Bähler
2006 Alain Morisod Sandy Altermatt Jubaira Bachmann
2007 Bernard Thurnheer Henri Dès (final) + Nicolas Tanner (semi-final) Sven Epiney
2008 Sven Epiney Nicolas Tanner Sem segundo comentador Cécile Bähler
2009
2010 Christa Rigozzi
2011 Jonathan Tedesco Cécile Bähler
2012 Clarissa Tami Paolo Meneguzzi Sara Hildebrand
2013 Alessandro Bertoglio Sem segundo comentador Mélanie Freymond
2014 Sandy Altermatt Kurt Aeschbacher
2015 Clarissa Tami Paolo Meneguzzi Laetitia Guarino
2016 Peter Schneider + Gabriel Vetter (final) Michele Carobbio (final) Sebalter
2017 Sebalter Luca Hänni

MaestrosEditar

Historial dos votosEditar

Suíça deu mais pontos a:
Rank País Pontos
1   Reino Unido 206
2   Irlanda 195
3   Suécia 184
4   França 181
5   Israel 168
Suíça recebeu mais pontos de:
Rank País Pontos
1   Reino Unido 161
2   Finlândia 150
3   Áustria 140
4   Alemanha 134
  Países Baixos 134

Congratulations: 50 Anos do Festival Eurovisão da CançãoEditar

Legenda
     Vencedor
     2.º lugar
     3.º lugar
     Pontuação Nula ("Null Points")/Último Lugar
     Melhor qualificação (fora do top 3)


Ano Artista(s) Língua Canção Final Pontos Semi Pontos Classificação (1988) Pontos (1988)
1988 Céline Dion Francês "Ne partez pas sans moi" Não se qualificou 10º 98 24

Referências