Abrir menu principal
René Favaloro
Nome completo René Gerónimo Favaloro
Nascimento 12 de julho de 1923
La Plata, Argentina Argentina
Morte 29 de julho de 2000 (77 anos)
Buenos Aires, Argentina Argentina
Ocupação cirurgião, professor
Pesquisa Cirurgia cardíaca
Conhecido por
Prêmios relevantes Prêmio Príncipe Mahidol (1998)

René Gerónimo Favaloro (La Plata, 12 de julho de 1923 - Buenos Aires, 29 de julho de 2000) foi um cirurgião e educador argentino, conhecido por ter realizado a primeira cirurgia de ponte de safena do mundo.

Estudou Medicina na Universidade de La Plata e passou pelo Hospital Policlínico, passando depois a residir em Jacinto Aráuz para substituir temporalmente o médico local.[1] Lia então bibliografia médica atualizada e começou a ganhar interesse na cirurgia torácica. Em finais da década de 1960 começou a estudar uma técnica para utilizar a veia safena na cirurgia coronária. Em 1971, voltou à Argentina para operar na clínica privada Guemes. No início da década de 1970 fundou a fundação que tem o seu nome.

No ano 2000, a Argentina estava imersa na crise económica e política, e a Fundação Favaloro tinha 75 milhões de dólares de dívidas. Por várias vezes Favaloro pediu ajuda ao governo argentino, mas nunca teve resposta. Face às dificuldades, Favaloro suicidou-se com arma de fogo.[2][3][4]

A seguir ao suicídio, veio a saber-se que a sua carta ao presidente Fernando de la Rúa nunca tinha sido lida. Nessa missiva mostrava-se cansado por "ser pedinte no meu próprio país" e pedia ajuda a De la Rúa para angariar verbas para a fundação.

Referências

  1. La gazeta. «Doctor René Favaloro». Consultado em 1 de março de 2010. 
  2. Krauss, Clifford (7 de agosto de 2000). «Argentina Searches Its Soul Over a Suicide». The New York Times. Consultado em 15 de junho de 2009. 
  3. «Dr. René Favaloro» (em espanhol). La Gazeta. Consultado em 20 de agosto de 2012. 
  4. «Cirurgiões ilustres: Dr. Rene Favaloro». UOL. Consultado em 20 de agosto de 2012. 
  Este artigo sobre um médico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.