Abrir menu principal

Renato Tupan Ruy, conhecido como Tupan (Maringá, 7 de junho de 1979) é um handebolista brasileiro, que atuava na ponta direita.[1] Formou-se em Administração e em Direito. Atualmente atua como Terapeuta Manual no Departamento Nacional de Esportes do Aspetar Hospital, no Qatar.[2]

Trajetória desportivaEditar

Começou a jogar handebol aos nove anos mas, um ano depois, trocou os gols da modalidade pelo vôlei, retornando aos 13 anos, sempre pela equipe de sua cidade natal, o Clube Olímpico Maringá.[1] Após concluir o ensino médio, mudou-se para São Paulo e defendeu o Esporte Clube Pinheiros.[2][1]

Integrante da seleção adulta desde 1998, quando ainda era júnior, participou dos campeonatos mundiais de 1999, 2001 - depois do qual operou o joelho e ficou um ano parado - e 2003.[1]

Fez parte da equipe que conquistou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2003 em Santo Domingo.[1] No mesmo ano, mudou-se para a Alemanha, onde atuou por sete temporadas.[2] Tupan foi ao país para treinar com equipes locais, por intermédio de Bruno Souza; a experiência deu certo e ele foi contratado por um modesto time da Terceira Divisão, o Langenal. Lá, o atleta subiu degrau por degrau, até chegar à Primeira Divisão Alemã.[1]

Foi aos Jogos Olímpicos de 2004 em Atenas,[2]. Em 2007 fez parte da equipe que ganhou o bicampeonato pan-americano no Rio de Janeiro.[2] Foi aos Jogos Olímpicos de 2008 em Pequim.[3][2] Um dos melhores do mundo em sua posição, fez muito pelo Brasil em Pequim, e ajudou a equipe a ficar com a 11ª colocação.[1]

Em junho de 2010 voltou ao Brasil para atuar na Metodista/São Bernardo.[2] Participou, ainda, da conquista da medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de 2011, em Guadalajara (México).[2]

Em setembro de 2016, enquanto jogava no IFH Super Globe, no Qatar, sofreu uma lesão total do calcâneo, o que o tirou definitivamente das quadras. Após este evento, começou a estudar Massoterapia na área desportiva, tendo feito cursos no Brasil e na Tailandia. Em 2018 foi convidado a trabalhar no Departamento Nacional de Esportes do Qatar como Terapeuta Manual, para onde se mudou em outubro de 2018 e mora atualmente.

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c d e f g UOL - Olimpíadas 2008 - Atletas brasileiros do handebol: Tupan Acessado em 1 de fevereiro de 2017
  2. a b c d e f g h Olimpianos - Atletas Olímpicos Brasileiros: TUPAN Acessado em 1 de fevereiro de 2017
  3. UOL Esporte Atletas brasileiros convocados. Acesso em 03/08/2009
  Este artigo sobre um(a) handebolista, integrado ao Projeto Desporto, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.