República de Connaught

   |- style="font-size: 85%;"
       |Erro::  valor não especificado para "nome_comum"
   |- style="font-size: 85%;"
       | Erro::  valor não especificado para "continente"


Provisional Government of the Province of Connacht
Rialtas Sealadach Chúige Connachta

República de Connaught

República irmã da I República Francesa

Saint Patrick's Saltire.svg
1798 Saint Patrick's Saltire.svg
Flag Brasão
Bandeira Brasão
Localização de
A maior parte da atual província de Connacht formava a república.
Capital castlebar
Governo Não especificado
Período histórico Rebelião irlandesa de 1798
 • 31 de agosto de 1798 Batalha de Castlebar
 • 8 de setembro de 1798 Batalha de Ballinamuck

A República de Connaught (oficialmente em inglês: Provisional Government of the Province of Connacht, em irlandês: Rialtas Sealadach Chúige Connachta) e muitas vezes denominada simplesmente como República Irlandesa, foi uma república irlandesa independente do governo britânico criada graças à ajuda militar francesa durante a rebelião irlandesa de 1798.[1]

O seu governo teve uma existência muito breve, dada a escassa vida do novo estado e a situação de guerra. Por isso desconhece-se se chegou a ser reconhecida pela República Francesa como «república irmã». As suas fronteiras mudaram rapidamente antes da derrota final, correspondendo aproximadamente ao território da atual província irlandesa de Connacht. A capital era Castlebar.

HistóriaEditar

A república foi proclamada depois da vitória franco-irlandesa na Batalha de Castlebar (27 de agosto de 1798) sob direção do general francês Jean Joseph Amable Humbert, que nomeou presidente o irlandês John Moore.[2]

Embora a vitória sobre os ingleses tivesse sido espetacular, o exército franco-irlandês perdeu cerca de 150 homens, a grande maioria durante os bombardeamentos iniciais. Os britânicos sofreram mais de 350 baixas, das quais 80 correspondem a falecidos e o resto a feridos ou capturados, incluindo possivelmente 150 desertores que se passaram par ao lado rebelde. Depois da vitória, milhares de voluntários se uniram ao exército francês, que pediu reforços à metrópole.

No entanto, após a derrota final na Batalha de Ballinamuck frente às tropas britânicas do Marquês de Cornwallis, a República deixou de existir e o território foi reintegrado no Reino da Irlanda. Este acabaria por se incorporar no Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda através do Ato de União de 1800.

Referências