Abrir menu principal

Os rinquines ou rinquinos (em grego: Ῥυγχίνοι; transl.: Rhynchinoi) foram uma tribo eslava meridional (ou ávaro-eslava) do sul da Macedônia no século VII. O nome deles provavelmente deriva de um local, um rio não identificado.[1] A tribo é atestada nos Milagres de São Demétrio, uma coleção de histórias relacionadas com o santo patrono de Tessalônica, São Demétrio. De acordo com os Milagres, em meados do século VII os rinquines formaram uma Esclavínia próximo da cidade, sob um rei chamado Perbundo. Após o último ser preso e executado pelas autoridades bizantinos, os rinquines ergueram-se em revolta e aliaram-se com outras tribos esclavenas, os sagudatas e os drogubitas, e lançaram um cerco mal-sucedido à Tessalônica.[2]

Referências

  1. Stoianovich 1994, p. 127.
  2. Curta 2006, p. 111–112.

BibliografiaEditar

  • Curta, Florin (2006). Southeastern Europe in the Middle Ages, 500-1250. [S.l.]: Cambridge University Press. ISBN 0521815398 
  • Stoianovich, Traian (1994). Balkan worlds: the first and last Europe. [S.l.]: M.E. Sharpe. ISBN 978-1-56324-032-4