Rio Claro (Goiás)

rio no estado de Goiás
Disambig grey.svg Nota: Se procura outros significados de Rio Claro, veja Rio Claro.
Rio Claro
Comprimento 495,2 km
Posição: Noroeste-Sudeste
Nascente Serra do Caiapó
Altitude da nascente 930 m
Foz Rio Paranaíba
Altitude da foz 335 m
Delta São Simão
Afluentes
principais
Ribeirão Ariranha, Rio Paraiso, Rio Doce, Rio Invernadinha, Ribeirão Bonfim e outros.
País(es)  Brasil

O rio Claro é um curso de água que banha o estado de Goiás, no Brasil. É um dos principais afluentes do rio Paranaíba no sudoeste goiano. Percorre, da nascente à foz, aproximadamente 400 km, passando pelos municípios de Jataí, Caiapônia , Perolândia , Aparecida do Rio Doce, Caçu, Cachoeira Alta, Paranaiguara e São Simão, onde desagua no rio Paranaíba, recebendo grande volume de água de seus tributários durante seu curso.

No município de Jataí, o rio Claro percorre cerca de 180 km, de um total de 400 km da nascente à foz, em sentido Noroeste-Sudeste, caracterizando-se como o mais importante corpo de água do município abastecendo mais de 87 000 habitantes.

O rio Claro faz parte da história de Jataí. Com suas praias, cachoeiras e locais de pesca, o rio caudaloso com leito de pedras, com sua margem sombreadas possui excelentes áreas para campismo, além de ser adequado para a prática de canoagem, rafting e descidas de boias, com corredeiras nível 4. A melhor época de visita é de maio a novembro.

Em Caçu, estão instaladas três das cincousinas hidroelétricas do município. É também um importante irrigador das lavouras de cana, além de abastacer a cidade de 14 000 habitantes.

O rio Claro também um grande ponto turítico da cidade, tendo no lago do Ribeirão Caçu formado pelo represamento das águas da UHE Caçu seu grande atrativo. Existem cachoeiras como o salto Enoch Franco e o salto Marianinho.

NascenteEditar

Nasce na serra do Caiapó, entre os municípios de Jataí e Caiapônia.

HistóriaEditar

O rio Claro já era conhecido pelos índios caiapós. No ano de 1836, o capitão Francisco Joaquim Vilela e seu filho José Manoel Vilela com alguns companheiros cruzaram o rio Paranaíba através de Santa Rita do Paranaíba e iniciaram o desbravamento e mais tarde a ocupação das terras as margens do rio Claro e de seus afluentes. Antigamente também foi chamado de rio dos Pasmados.

Potencial hidroelétricoEditar

Por se situar em zona de planalto, o rio Claro possui um grande potencial hidrelétrico. Atualmente estão sendo construídas em seu curso várias usinas hidrelétricas:

Referências

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre hidrografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.