Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde dezembro de 2017). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Maranhão, veja Maranhão (desambiguação).
Rio Maranhão
uma ilustração licenciada gratuita seria bem-vinda
Localização
País
Dimensões
Comprimento
278 km
Hidrografia
Tipo
Bacia hidrográfica
Altitude da nascente
1200 m
Afluente
principal
Córrego Vereda Grande
Lagoa Formosa
Foz

O rio Maranhão é um curso de água que banha o Distrito Federal e os estados de Goiás e Tocantins, no Brasil. É formado a partir da confluência entre o córrego Vereda Grande (oriundo da Estação Ecológica de Águas Emendadas, no Distrito Federal) e as águas da lagoa Formosa, em Planaltina, Goiás. É um dos afluentes do rio Tocantins, onde suas águas ajudam a formar o lago de Serra da Mesa, junto com o rio das Almas e o rio Paranã.

Índice

AbastecimentoEditar

O rio Maranhão é usado para abastecimento de diversas cidades que se construíram ao longo de seu vale. Dentre essas, a maior delas é Planaltina, Goiás, que está bem próxima a sua nascente. Também recebe, por meio de seus afluentes, o esgoto tratado desta cidade.

PoluiçãoEditar

O rio Maranhão recebe em suas águas, grande quantidade de detritos oriundos das cidades que estão em seu vale. Dentre os mais notáveis, estão o recebimento de esgoto tratado, ainda perto de sua nascente, em Planaltina, Goiás, além das constante denúncias de escoamento de chorume restante do Aterro Sanitário de Planaltina, que está localizado as margens de um de seus afluentes.

Ver tambémEditar

Referências

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre hidrografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.