Abrir menu principal
Rio Nagara
Chidori-Bashi-Gifu01.JPG

Rio Nagara em Gifu

Localização
País
Parte de
Kiso Three Rivers (en)Visualizar e editar dados no Wikidata
Coordenadas
Dimensões
Comprimento
166 km
Hidrografia
Tipo
Área da bacia
1 985 km²
País(es) da
bacia hidrográfica
Nascente
Afluentes
principais
Ijira River (en), Sakai River (Gifu) (en), Arata River (en), Itadori River (en), Sai River (en), Tsubo River (en), Yoshida River (Gujo) (d), Q11436819, Q11470332, Q11537435, Q11545799, Q11604863, Q17211875, Q17212333, Q17226862Visualizar e editar dados no Wikidata
Caudal médio
115 m3/sVisualizar e editar dados no Wikidata
Caudal máximo
120 m³/s
Foz
Altitude da foz
0 m

O rio Nagara ( 長 良 川 Nagara-gawa ?) é um rio na ilha Honshu, que tem a sua origem na cidade de Gujo na Prefeitura de Gifu e desemboca na cidade de Kuwana na Prefeitura de Mie, no Japão. Junto com o rio Kiso e rio Ibi, o rio Nagara compõe a bacia conhecida como os Três Rios de Kiso que banham a fértil planície de Nobi.

História e geografiaEditar

Anteriormente, o rio recebia o nome de rio Sunomata (墨 俣 川 Sunomata-gawa). A Batalha de Sunomatagawa aconteceu nas margens do rio de mesmo nome em 1181, durante a Guerra Genpei no final do Período Heian da História do Japão.[1] Em 1556, durante o Período Muromachi, aconteceu no mesmo local a Batalha de Nagaragawa.[2]

O Nagara também é famoso por ser um rio de águas claras, por isso foi classificado como um dos "Três rios limpos do Japão", juntamente com o rio Kakita da Prefeitura de Shizuoka e o rio Shimanto da Prefeitura de Kochi. Em 1985, o rio Nagara foi reconhecido como uma das "100 águas famosas do Japão". Tendo sido incluído também entre as melhores áreas de spa no Japão em 1988 e 2001. O rio é um destino turístico muito popular devido a Nagaragawa Onsen, uma coleção de fontes termais naturais que são conhecidas pelo alto teor de ferro.[3]

Pesca com cormorãoEditar

 
Pesca com cormorão no Rio Nagara em Gifu.

É uma técnica de pesca artesanal e tradicional com a utilização da ave marinha cormorão (ぎふ長良川の鵜飼, Gifu Nagaragawa no Ukai). Esta atividade remonta ao século VIII e é praticada no rio Nagara na província de Gifu. A pesca acontece a noite e os barcos carregam tochas para iluminar e orientar o retorno das aves ao barco. Os comoções recebem coleiras e são mantidos presos por corda, uma argola no pescoço da ave impede que engula os peixes. As aves nadam ao lado do barco e pescam mergulhando engolindo os peixes inteiros. Os pescadores passam a técnica de pai para filho e são credenciados pela Agência da Casa Imperial. A esca com cormorão é uma atração turística da região.[4]

Cidades banhadas pelo rio NagaraEditar

O rio passa por ou serve de limite para as seguintes comunidades ribeirinhas: Prefeitura de Gifu (Gujo, Mino, Seki, Gifu, Hashima, Mizuho, Ogaki, Kaizu), Prefeitura de Aichi (Aisai) e Prefeitura de Mie (Kuwana).

BibliografiaEditar

  • Akihisa Yoshikoshi: Comparative Research on the Hydrological Characteristics of some British and Japanese Drainage Basins. In: John Sargent & Richard Wiltshire (Hrsg.): Geographical Studies & Japan. Japan Library, Sandgate, Folkestone, Kent 1993, ISBN 1-873410-15-8., S. 89–94.
  • Sansom, George (1958). 'A História do Japão para 1334'. Stanford, Califórnia: Stanford University Press . ISBN 978-0-8047-0523-3
  • Turnbull, Stephen (1998). 'O Samurai Manual'. Londres: Cassell & Co. ISBN 978-1-85409-523-7

Referências

  1. George Sansom (1958). A History of Japan. To 1334 (em inglês). Stanford, California: Stanford University Press. 291 páginas. ISBN 9780804705233 
  2. «History of the City». Prefeitura de Gifu. Consultado em 11 de novembro de 2017. Arquivado do original em 24 de julho de 2011 
  3. «Gifu Nagaragawa» (em japonês). Gifu Nagaragawa Ryokan Cooperativa. Consultado em 11 de novembro de 2017 
  4. «Ukai: A Arte Japonesa de Pesca com Cormorão». 18 de julho de 2014. Consultado em 11 de novembro de 2017 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Rio Nagara