Rio Sitiá

Rio Sitiá
Comprimento 90 km
Nascente Serra do Estêvão, Quixadá, ceará
Foz Rio Banabuiú, Banabuiú, Ceará
Afluentes
principais
Riacho Caracol, Riacho Catita, Riacho Mororó, Riacho Salgado, Riacho São Caetano
País(es)  Brasil

O rio Sitiá é um rio brasileiro que banha o estado do Ceará.

Faz parte da bacia hidrográfica do Rio Banabuiú e, consequentemente, da bacia do Rio Jaguaribe. Banha apenas dois municípios: Quixadá, onde está sua nascente no distrito de Custódio, e Banabuiú onde está sua foz.

Era originalmente conhecido pelos indígenas como Queiru.[1] Foi seguindo seu leito que os primeiros colonizadores atingiram uma parte dos Sertão Central cearense durante o século XVIII. Estes colonizadores fundaram aglomerados que deram origem ao distrito de Sitiá em Banabuiú, à cidade de Quixadá e ao distrito de Custódio, pertencente à Quixadá.

O Açude do Cedro barra as águas do sitiá 20 km após sua nascente.
Foto de um trecho do rio Sitiá (centro) durante a estação seca. Na mesma foto é possível visualizar o açude Pedras Brancas (acima à esquerda) e a foz do Sitiá no Rio Banabuiú (centro à direita).

Condições pluviométricasEditar

Está totalmente inserido em uma região semi-árida, ou seja, é um rio temporário com débito sujeito às variações pluviométricas típicas da região, que é marcada por um período chuvoso que vai de fevereiro a maio e um período seco que vai de junho a janeiro.

GeografiaEditar

Não possui nenhum trecho navegável. Possui dois grandes açudes em seu curso: o Açude do Cedro, 20 km após a nascente, e o Açude Pedras Brancas, divido entre os territórios dos municípios Banabuiú e Quixadá, que têm praticamente todo o seu abastecimento hídrico originado destes açudes. Além destes dois municípios, sua bacia hidrográfica abrange também uma pequena parte de Ibaretama e de Quixeramobim

Referências

  1. «Histórico» (PDF). biblioteca.ibge.gov.br. Consultado em 29 de setembro de 2019