Abrir menu principal

Robert Bakewell (geólogo)

geólogo inglês
Robert Bakewell
Nascimento 1768
Morte 15 de agosto de 1843 (75 anos)
Hampstead
Nacionalidade Flag of Great Britain (1707–1800).svg Reino da Grã-Bretanha
Ocupação Geólogo

Robert Bakewell (1768 — Hampstead, 15 de agosto de 1843) foi um geólogo inglês, que ficou conhecido em vários países devido aos seus livros sobre Geologia.

BiografiaEditar

 
Mina em Alderley Edge, Cheshire.

Ainda nos tempos de estudante, Bakewell se divertia com a construção de telescópios[1] e em observar fios de no microscópio. Mais tarde, especulou sobre os efeitos do solo e da comida sobre eles, e publicou suas "Observações sobre a lã" em 1808, em Wakefield, West Yorkshire, a partir de então, ele se dedicou à ciência. Em 1810 correspondeu-se com Richard Kirwan e investigou a Mina de Cobalto em Alderley Edge, Cheshire.[2][3]

A partir de 1811, Bakewell lecionou Geologia por todo o país, exibindo seções de formação rochosa e uma carta geológica da Inglaterra e País de Gales, a primeira do seu gênero.[4] Em 1812 esteve envolvido em uma controvérsia com o geólogo John Farey Sr. e outros.[5][6] No mesmo ano, Bakewell descobriu grandes blocos de rochas, enquanto examinava a Floresta de Charnwood, em Leicestershire[7] e suas pesquisas mineralógicas levaram-no para a Irlanda, para a montanha Cadair Idris, em Gwynedd, e por todos os condados ingleses, exceto um, Hampshire.[8] Apresentou sua "Introdução à Geologia" em 1813, tornando sua característica distinta o fato de que suas ilustrações retratam situações da própria ilha da Grã-Bretanha, acessível aos seus leitores.[9] Este trabalho foi um grande sucesso e veio de "uma pessoa cujo nome não é decorado com quaisquer apêndices,[10] e havia muita novidade na época sobre todas as investigações geológicas, a Sociedade Geológica de Londres, onde Bakewell nunca foi admitido como membro, foi formada apenas no final de 1807.[3]

Bakewell foi incentivado a se estabelecer em Tavistock Street 13, Bedford Square, como instrutor de Geologia e continuou seus estudos mineralógicos em companhia de seus alunos e sozinho. Após ter viajado mais de 3 000 quilômetros nessas pesquisas, publicou uma segunda edição de seu trabalho em 1815. Ela foi traduzida para o alemão por K. H. Müller em Friburgo,[11] e foi seguida por uma "Introdução à Mineralogia" em 1819. Enquanto isso, Bakewell esteve examinando a região carbonífera de Bradford, Manchester,[12] descreveu uma fornalha segura para evitar explosões em minas de carvão,[13] publicou suas "Observações sobre a Geologia de Northumberland e Durham"[14] e a "Formação da parte superficial do globo",[15] com algumas refutações de uma acusação contra ele de plágio.[16][3]

Entre 1820 e 1822 Bakewell esteve no vale da Tarentaise, nos Alpes Graios e do Valais, na Suíça e na Auvérnia. Em 1823 publicou suas "Viagens", assim descritas no subtítulo, em dois volumes, com ilustrações, algumas das quais foram feitas por sua esposa. Essas "Viagens", realizadas para estudo geológico, mas cheias de humor e detalhes pessoais, resultaram num ataque teológico a Bakewell pelo Dr. John Pye-Smith.[17] Continuando suas investigações científicas, Bakewell publicou "Sal",[18] "Lava encontrada nas areias perto de Boulogne",[19] "Águas térmicas dos Alpes",[20] "Uma visita ao Museu Mantell em Lewes"[21] e uma terceira edição de sua "Geologia" em 1828, imediatamente reimpressa na América.[3]

Naquela época, Bakewell tinha se estabelecido em Hampstead, onde seu jardim lhe proporcionou a oportunidade de escrever sobre a "Descoberta da Ação do Pólen das Plantas",[22] e onde ele preparou os seguintes artigos científicos: "Vida Orgânica", 1831[23] "Minas de Ouro nos Estados Unidos", 1832[24] e "Resíduos Fósseis de Elefantes encontrados em Norfolk", 1835.[25] Uma quarta edição da "Geologia" foi publicada em 1833, o que provocou críticas do Professor Adam Sedgwick,[26] chegou a uma quinta edição em 1838,[27] e ainda tem seus leitores e apoiadores de suas teorias.[3]

ObrasEditar

  • Introduction to Geology (1813 / 1815 / 1833 / 1838)[28]
  • Introduction to Mineralogy (1819)[27]
  • Travels comprising Observations made during a Residence in the Tarentaise, &c. (2 volumes, 1823).[27]
  • Suggestions Relative to the Philosophy of Geology, as Deduced from the Facts (1839, online (em inglês) )

Para a Rees's Cyclopaedia ele contribuiu com artigos sobre Geologia, Mineralogia, rochas, estratificação, lã e lã penteada.

Notas

  1. Tilloch, Alexander (2 de dez de 2016). The Philosophical Magazine and Journal. 45. Londres: Fb &C Limited. p. 299. 524 páginas. ISBN 1334494487 
  2. Bakewell, Robert (1811). The Monthly magazine. 31. [S.l.: s.n.] pp. 7–9 
  3. a b c d e Jennett Humphreys. «Bakewell, Robert (1768-1843)». In: Leslie Stephen. Dictionary of National Biography (em inglês). 3 1885-1900 ed. Londres: Elder Smith & Co. pp. 23–24 
  4. Bakewell, Robert (1838). «Preface to the third edition.». An Introduction to Geology 5 ed. Londres: Longman, Orme, Brown, Green, & Longmans. p. xii. 657 páginas 
  5. Farey Senior, John (19 de novembro de 2016). Tilloch, Alexander, ed. The Philosophical Magazine. 40 ilustrada ed. Londres: Fb &C Limited. p. 45. 508 páginas. ISBN 1334331774 
  6. Tilloch, Alexander (2016). The Philosophical Magazine. 42 ilustrada ed. [S.l.]: Fb &C Limited. pp. 116 e 121. 514 páginas. ISBN 1334335796 
  7. The gentleman's magazine, and historical chronicle. pt.1 (Jan.-June 1813). 83. Londres: E. Cave, 1736-1833. p. 81 
  8. Bakewell, Robert (27 de abril de 2016). Travels in the Tarentaise and Various Part of the Grecian and Pennine Alps, and in Switzerland and Auvergne, 1820-1822 reimpressão ed. Charleston, Carolina do Sul: BiblioLife. p. 270. 408 páginas. ISBN 1354924525 
  9. Loudon, J. C. (25 de dezembro de 2016). The Magazine of Natural History, and Journal of Zoology, Botany, Mineralogy, Geology, and Meteorology. 1. Londres: Fb &C Limited. p. 353 et seq.. 518 páginas. ISBN 1334663815 
  10. Bakewell, Robert (1815). Harding, J., ed. An Introduction to Geology, Illustrative of the General Structure of the Earth 2ª ed. Londres: [s.n.] p. Preface to 2nd edition, p. xi. 362 páginas 
  11. Bakewell, Robert (1819). Einleitung in die Geologie nebst einer Geologie und Mineralgeographie von England, von Robert Bakewell. Nach der zweyten sehr vermehrten Ausgabe frey übersetzt ... Friburgo em Brisgóvia: Craz und Gerlach. alemão 
  12. Bakewell, Robert (1814). Transactions of the Geological Society of London. Col: 1 (em inglês). 2. Londres: The Society. pp. 282–285 
  13. Bakewell, Robert (1817). The Description of a Safety Furnace for preventing Explosions in Coal-Mines. Philosophical Magazine. 50. Londres: Taylor & Francis. p. 211 
  14. Bakewell, Robert (1815). Observations on the Geology of Northumberland and Durham. Philosophical Magazine. 45. Londres: Taylor & Francis. p. 81 et seq. 
  15. Bakewell, Robert (1815). Queries and Observations relating to the Formation of the Superficial Part of the Globe. Philosophical Magazine. 45. Londres: Taylor & Francis. pp. 452–459 
  16. Bakewell, Robert (1815). Mr. Bakewell in Reply to Mr. Frere. Philosophical Magazine. 45. Londres: Taylor & Francis. pp. 219 e 297 
  17. Pye-Smith, John (1825). A Vindication of those Citizens of Geneva ... who have been instrumental in the revival of scriptural religion in that city; occasioned by the statements of ... J. J. Chenevière and R. Bakewell. Londres: B. J. Holdsworth. 78 páginas 
  18. Philosophical Magazine - Volume 63 p. 86, reimpresso em Silliman's American Journal, Volume 10, p. 180
  19. Bakewell, Robert (1824). Lava found on the Sands near Boulogne. 64. [S.l.]: Taylor & Francis. pp. 414–415 
  20. Philosophical Magazine - Volume 3, p. 14, também reproduzida em Silliman's American Journal, Volume 20, p. 219
  21. Bakewell, Robert (1830). A Visit to the Mantellian Museum at Lewes. Magazine of Natural History and Journal of Zoology, Botany, Mineralogy, Geology and Meteorology. 3. Londres: Longman, Rees, Orme, Brown, and Green. p. 9 
  22. Bakewell, Robert (1829). Discovery of the Action of the Pollen of Plants. Magazine of Natural History. 2. Londres: John Claudius Loudon, Edward Charlesworth, John Denson printed for Longman, Rees, Orme, Brown, and Green. p. 1 
  23. Philosophical Magazine - Volume 9, p. 33, que aparece também em Notizen de Robert Froriep, Volume 30, col. 134
  24. Livros no Google Play Magazine of Natural History, Volume 5, p.434
  25. Magazine of Natural History, Volume 9, p. 37
  26. Sedgwick, Adam (1835). On the Structure of large Mineral Masses. Transactions of the Geological Society. 3. Londres: Geological Society of London. p. 472 
  27. a b c Chisholm, Hugh;. «Bakewell, Robert (geologist)». Encyclopædia Britannica (em inglês). 3 1911 ed. Cambridge: Cambridge University Press. 229 páginas 
  28. 2ª ed. 1815 online (em inglês) , 4ª ed. (ampliada) 1833 online (em inglês) , 5ª ed. (ampliada) 1838 online (em inglês)

Referências

Ligações externasEditar