Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2009). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Roc-A-Fella Records
Empresa detentora Universal Music Group
Fundação 1996
Fundador(es) Jay-Z, Damon Dash e Kareem "Biggs" Burke
Gênero(s) Hip-hop
País de origem Estados Unidos EUA
Localização Nova Iorque
Página oficial rocafella.com

A Roc-A-Fella Records é uma gravadora americana de hip hop/rap. Ela foi co-fundada em 1996 na cidade de Nova York pelo magnata do hip hop Damon Dash, Kareem "Biggs" Burke e Shawn "Jay-Z" Carter. O selo pertence a Universal Music Group. O nome faz referência ao magnata americano do petróleo e empresário John Rockefeller.

Índice

HistóriaEditar

A fundação do selo ocorreu em 1995, começando como uma saída independente para o primeiro álbum do rapper Jay-Z. Depois de ser rejeitado por várias grandes gravadoras, Carter, Dash e Burke começaram sua própria gravadora através da Priority Records, usando o dinheiro dos videoclipes fornecidos pela Payday Records, devido ao seu único contrato.[1][2] Assim, lançaram o seu primeiro álbum, Reasonable Doubt.

Apesar de Reasonable Doubt não ter sido um grande sucesso comercial, foi altamente elogiado pela crítica, e ajudou a alavancar a popularidade de Jay-Z. A primeira lista consistia em Jay-Z, Sauce Money e Memphis Bleek, o antigo amigo Jaz-O, do duo Da Ranjahz, e os produtores DJ Ski e DJ Clark Kent também se afiliaram.

O próximo lançamento do selo foi o segundo álbum de Carter, In My Lifetime, Vol. 1, em 1997, e em 1998 ocorreu um aumento na atividade com o lançamento de Streets Is Watching Soundtrack, Coming of Age de Memphis Bleek e Vol. 2... Hard Knock Life. Vol. 2 foi o primeiro álbum de platina de Jay-Z como também o de maior venda, ajudando a assegurar um futuro para a gravadora.

Neste tempo, Sauce Money tinha sinalizado que tinha prioridade de lançar seu álbum, Jaz-O estava se envolvendo mais com sua própria gravadora e Da Ranjahz tinha se separado da gravadora, como também Ski e Clark Kent. Em seus lugares uma nova equipe foi criada, consistindo de Amil e Beanie Sigel. Em 1999, Jay-Z se embrenhou e (em menor grau) passou o resto do tempo em uma luta verbal com o rapper Nas, que durou até 2002.

Artistas da Roc-A-FellaEditar

Referências

  1. Brown, Jake (2005). Jay-Z and the Roc-A-Fella Records Dynasty Paperback ed. [S.l.]: Colossus Books. p. 47. ISBN 0-9749779-1-8. Consultado em 4 de fevereiro de 2015 
  2. Hunter, Asondra. «Rockin' On Roc-A-Fella». slumz.boxden.com. Yahoo! Music. Consultado em 4 de fevereiro de 2015 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre gravadoras estadunidenses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.