O Ruhnama (O Livro da Alma, do árabe روح rūḥ —alma— e persa نامه nāmeh —carta ou livro—) é um livro escrito por Saparmyrat Nyýazow, ex-presidente vitalício do Turquemenistão, que combina um guia moral/espiritual com autobiografia e história revisionista, muitas das quais de dúbia ou polémica factualidade e correção. O texto inclui várias histórias e poemas, além de escritos do poeta sufista Magtymguly Pyragy. Foi criado para servir de "guia espiritual da nação" e de base para as artes e as literaturas do país. O livro foi introduzido na cultura turquemena de forma gradual e persuasiva. Nyýazow o colocou inicialmente em manuais de escolas nacionais e em bibliotecas para, depois, transforma-lo em objeto de exame e seus ensinamentos em guias para concursos.

Ruhnama
Рухнама
Autor(es) Saparmyrat Nyýazow
Idioma turquemeno
Gênero filosofia, autobiografia, poesia
Lançamento 1994

Em março de 2006, Nyýazow afirmou que tinha intercedido junto a Deus para se assegurar que qualquer aluno que lesse o livro três vezes fosse automaticamente para o paraíso.[1]

Referências

  1. «Read My Words, Go to Heaven, Leader Says». Los Angeles Times (em inglês). 21 de março de 2006. Consultado em 23 de março de 2022 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.