Abrir menu principal
Rui Chapéu
Nome completo José Rui de Mattos Amorim
Nascimento 1940 (79 anos)
Itabuna-BA
Nacionalidade  Brasil

José Rui de Mattos Amorim, mais conhecido como Rui Chapéu (Itabuna - BA, 1940) é um jogador de sinuca brasileiro, radicado em São Paulo. Seu apelido deve-se ao fato de sempre aparecer em público com um pequeno chapéu branco - uma espécie de boina - feito sob medida, encomendado de um alfaiate para que fique da maneira que gosta.[1]

Tornou-se famoso ao fazer desafios e dar aulas de bilhar no programa Show do Esporte da Rede Bandeirantes na segunda metade da década de 1980,[2] sendo considerado, por isso, o responsável por mudar a imagem deste esporte no país, antes visto como exclusivo de malandros e vagabundos. Segundo a a Revista Isto É, Rui Chapéu foi incluído e relacionado entre os 1.000 maiores esportistas do século XX.[3]

BiografiaEditar

No fim da década de 1970 Rui largou a profissão de caminhoneiro e passou a viver de seu verdadeiro talento, a sinuca, cruzando o Brasil em apresentações.

Entre 1984 e 1992, Rui Chapéu desafiava jogadores de sinuca na Rede Bandeirantes, em jogos transmitidos aos domingos no programa Show do Esporte, apresentado por Luciano do Valle.[4][5] Após bater os 12 melhores jogadores do país, Rui Chapéu ganhou um contrato e permaneceu no ar por oito anos.[1]

Seu maior feito foi vencer o inglês Steve Davis, então campeão mundial de sinuca, em 1986 e em 1987.[6]

Em 2019, ele foi um dos "masters" do programa Tá Brincando, da Rede Globo.[7]

Referências

  1. a b esporte.uol.com.br/ Astro de Luciano do Valle, Rui Chapéu sonha com volta da sinuca à TV aberta
  2. Revista EXAME: O homem que desbancou Rui Chapéu
  3. bilharboladeprata.com.br/ Curiosidades sobre a sinuca
  4. Biografia de Rui Chapéu
  5. «Rui Chapéu». 3° Tempo. Consultado em 22 de abril de 2019 
  6. Willian Ferreira (2018). «Sabia que sinuca já foi transmitida na Band? Relembre». Torcedores.com. Consultado em 3 de fevereiro de 2019 
  7. noticias.bol.uol.com.br/ "Tá Brincando", da Globo, homenageia e empodera os "velhinhos"

Ligações externasEditar