Rutina

composto químico

A rutina ou vitamina P é um bioflavonoide solúvel em metanol. Foi descoberta em 1936 pelo bioquímico húngaro Albert Szent-Györgyi.[1] As principais fontes de rutina na natureza são os vegetais folhosos, as frutas cítricas, o trigo-sarraceno (Fagopyrum esculentum), a uncária (Uncaria eliptica), as folhas e pecíolos das espécies do género Rheum e o fruto da árvore brasileira fava-d'anta (Dimorphandra mollis).

Rutina

Fortalecendo os vasos capilares, reduz os sintomas de hemofilia e previne edemas nas pernas. Sua carência provoca o aparecimento de microvarizes e problemas vasculares.

Referências

  1. Revista Época, ed.12, 10/08/1998
 
Flores de fava-d'anta
  Este artigo sobre Bioquímica é um esboço relacionado ao Projeto Química. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.