Sérgio (duque)

Disambig grey.svg Nota: Para outras pessoas de mesmo nome, veja Sérgio.
Sérgio
Nascimento
Rábdis
Morte 573
Dara
Nacionalidade Império Bizantino
Ocupação General
Religião Catolicismo

Sérgio (em latim: Sergius; m. 573) foi um general bizantino do século VI; possivelmente pode ser identificado com o oficial Sergona citado por Miguel, o Sírio. Foi nativo de Rábdis (Tur Abdim, ao sul de Amida). Talvez como mestre titular dos soldados e duque da Mesopotâmia, serviu o exército bizantino entre 567-573.[1]

Em 567, quando esteve no comando de Dara, Sérgio recebeu uma carta do imperador Justino II, que transmitiu insistindo que os líderes monofisistas fossem para Constantinopla decidir a unidade da religião. No outono de 572, ele, Teodoro e Juventino foram enviados por Marciano com 3 000 homens para saquearem Arzanena e trazerem butim. Em 573, enquanto esteve novamente no comando de Dara, junto de João, a cidade sofreu um cerco sassânida. Durante o cerco, Sérgio foi ferido e morreu.[2]

Referências

  1. Martindale 1992, p. 1128-1129.
  2. Martindale 1992, p. 1129.

BibliografiaEditar

  • Martindale, John R.; Jones, Arnold Hugh Martin; Morris, John (1992). «Sergius 7». The Prosopography of the Later Roman Empire - Volume III, AD 527–641. Cambridge e Nova Iorque: Cambridge University Press. ISBN 0-521-20160-8