Nota: Se procura pelo fisiculturista cubano, veja Sergio Oliva.

Sérgio Fróes Ribeiro de Oliva (Brasília, 17 de agosto de 1982) é um ginete paralímpico brasileiro.[1]

Sérgio Oliva
Sérgio Oliva
Oliva em 2016
Hipismo
Nome completo Sérgio Fróes Ribeiro de Oliva
Nascimento 17 de agosto de 1982 (41 anos)
Brasília, DF
Nacionalidade brasileira
Medalhas
Jogos Parapan-americanos
Ouro Mar del Plata 2003 Individual IA
Jogos Paralímpicos
Bronze Rio 2016 Individual IA
Bronze Rio 2016 Livre IA

Vida e carreira editar

 
Oliva em 2021

Sérgio veio de um nascimento múltiplo: sua mãe Maria José Ribeiro teve trigêmeos, Eduardo, Flávio e Sérgio. Ele acabou tendo falta de oxigenação e foi para a incubadora, resultando em uma paralisia cerebral e triplegia. Em 1989, aos sete anos, começou no hipismo como forma de terapia. Aos treze anos, sofreu um acidente doméstico onde lesionou o braço direito. Apesar das deficiências, Sérgio seguiu no hipismo e também fez carreira no meio judiciário, tendo cursado Direito e se tornado servidor do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT).[2]

Venceu os Campeonatos Brasileiros de 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2011 e 2012. Ganhou o único ouro do Brasil até então no Campeonato Mundial Paraequestre de 2007, na Inglaterra.

Ganhou o ouro nos Jogos Parapan-americanos de 2003, em Mar del Plata[3], e participou em três Jogos Paralímpicos: Pequim 2008, Londres 2012 e Rio 2016. Em sua terceira Paralimpíada, no Rio de Janeiro, conquistou duas medalhas de bronze representando o Brasil nas categorias individual misto IA e estilo livre IA com a égua Coco Chanel, que usa nas competições internacionais desde 2016. Nas competições nacionais, monta o cavalo Coronado Jmen.[4][5][6]

Referências

  1. «Um homem, superação e cavalos». Jornal de Brasília. 6 de agosto de 2019. Consultado em 16 de agosto de 2020 
  2. «Após três horas de espera pelo resultado, Sérgio Oliva comemora o bronze no adestramento». Rede Nacional do Esporte. 15 de setembro de 2016. Consultado em 16 de agosto de 2020 
  3. «Hipismo Adaptado» (PDF). Inteligência Esportiva. Consultado em 17 de agosto de 2020 
  4. «Sergio Oliva é bronze no hipismo e conquista 50ª medalha brasileira no Rio». Gazeta Esportiva. 17 de setembro de 2016. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  5. «Sérgio Oliva se torna 2º medalhista brasileiro no hipismo em Paralimpíadas». globoesporte.com. 15 de setembro de 2016. Consultado em 16 de agosto de 2020 
  6. «Sérgio Oliva fatura mais um bronze no hipismo, agora no estilo livre Grau IA». CPB. 16 de setembro de 2016. Consultado em 16 de agosto de 2020 

Ligações externas editar

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre Sérgio Oliva:
  Categoria no Commons
  Base de dados no Wikidata