Abrir menu principal
Sérvio Cornélio Cosso
Tribuno consular da República Romana
Tribunato 434 a.C.

Sérvio Cornélio Cosso (em latim: Servius Cornelius Cossus) foi um político da gente Cornélia nos primeiros anos da República Romana eleito tribuno consular em 434 a.C. com Marco Mânlio Capitolino e Quinto Sulpício Camerino Pretextato. Segundo Lívio, sabemos que tanto Valério Antias quanto Quinto Tuberão fazem de Quinto Sulpício e Marco Mânlio cônsules para este ano,[1] uma opinião seguida também por Diodoro Sículo,[2] o que torna incerta a posição de Sérvio Cornélio.

Não está bem estabelecido que tipo de magistrados foram eleitos para o ano de 434 a.C. Lívio, que se baseia numa passagem de Licínio Mácer, fornece o nome dos dois como cônsules,[3] os mesmos do ano anterior (Caio Júlio Julo e Lúcio Vergínio Tricosto), o que parece pouco provável[4]. Logo ele propõe outros nomes,[5] encontrados também em Diodoro Sículo.[6] Este último acrescenta um terceiro nome, citado também na Cronografia de 354[4], o que nos permite inferir que se tratavam, de fato, três tribunos consulares eleitos para aquele ano[7].

Ver tambémEditar

Referências

  1. Lívio, Ab Urbe condita libri IV. 23
  2. Diodoro Sículo, Biblioteca histórica XII. 53;
  3. Lívio, Ab Urbe condita libri IV, 23, 1
  4. a b Broughton 1951, p. 62.
  5. Lívio, Ab Urbe condita libri IV, 23 2/3
  6. Diodoro Sículo, Biblioteca histórica XII, 53, 1
  7. Broughton 1951, p. 61.

BibliografíaEditar

  • T. Robert S. Broughton, The Magistrates of the Roman Republic: Volume I, 509 B.C. - 100 B.C., New York, The American Philological Association, coll. « Philological Monographs, number XV, volume I», 1951, 578 p.