Samizdat

Samizdat (russo: самиздат, em polonês/polaco: bibuła, em búlgaro: самиздат, ucraniano: самвидав) era uma prática nos tempos da União Soviética destinada a evitar a censura imposta pelos governos dos partidos comunistas nos países do Bloco oriental. Mediante essa prática, indivíduos e grupos de pessoas copiavam (muitas vezes à mão) e distribuíam clandestinamente livros e outros bens culturais que haviam sido proibidos pelo governo.

Ligações externasEditar


  Este artigo sobre a União Soviética é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.