Abrir menu principal

Sanguedo

freguesia de Santa Maria da Feira, Portugal
Portugal Portugal Sanguedo 
  Freguesia  
Localização no concelho de Santa Maria da Feira
Localização no concelho de Santa Maria da Feira
Sanguedo está localizado em: Portugal Continental
Sanguedo
Localização de Sanguedo em Portugal
Coordenadas 41° 0' 34" N 8° 31' 04" O
País Portugal Portugal
Concelho VFR1.png Santa Maria da Feira
Administração
- Tipo Junta de freguesia
- Presidente Valdemar Alves Silva (PS)
Área
- Total 4,32 km²
População (2011)
 - Total 3 600
    • Densidade 833,3 hab./km²

Sanguedo é uma freguesia portuguesa do concelho de Santa Maria da Feira, com 4,31 km² de área e 3 600 habitantes (2011). A sua densidade populacional é de 835,3 hab/km².

É conhecida por ser a capital da Fórmula Roll.

Índice

PopulaçãoEditar

Número de habitantes residentes [1]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
858 853 1 018 1 012 1 102 1 157 1 347 1 535 1 839 2 117 2 293 2 739 3 154 3 542 3 600
Distribuição da População por Grupos etários [2]
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 687 569 1885 401 19,4% 16,1% 53,2% 11,3%
2011 654 470 1976 500 18,2% 13,1% 54,9% 13,9%

HistóriaEditar

Sanguedo tem origem antiga e é citada em velhos pergaminhos do ano 897, quando Gonsosinho e sua mulher Enderquina Pala aqui fundaram o já não existente mosteiro de S. Cristóvão junto à Igreja Matriz de Santa Eulália.

As gentes de Sanguedo vivem essencialmente da indústria e do comércio, sendo, nos dias de hoje, poucos os que trabalham os campos. Terra conhecida por todos os cantos do mundo, onde labutam muitos sanguedenses, que muito ajudaram a desenvolver a freguesia ao transformarem velhas casas rurais em modernas vivendas.

Apesar de rejuvenescida, quem visita Sanguedo facilmente conclui que foi, e ainda é, uma terra de forte emigração, ao observar os casarões “abrasileirados”, muitas casas “afrancesadas” e as grandes vivendas “americanizadas”.

A tranquilidade social, o ar isento de poluição, a beleza do monte de S. Bartolomeu, a cor dos jardins e parques, a frescura do rio Uíma e a implementação da Zona Industrial, levou os nómadas trabalhadores das serras dos concelhos interiores de Arouca e Castelo de Paiva, a sedentarizarem-se em terras de Sanguedo, transformando, mais uma vez, o estilo de habitação – prédios de vários andares e casas pequenas surgiram para albergar estas gentes que aqui querem viver.

Consciente de uma tradição histórica que a honra e distingue desde a fase da ocupação romana, Sanguedo patenteia a sua ancestralidade nos mais antigos topónimos designativos - uilla e frigisia de Sanganeto – referidos, respectivamente, em documentação da nacionalidade e nas Ordenações Afonsinas de 1220.

PatrimónioEditar

  • Capela de São Bartolomeu
  • Cruzeiro paroquial
  • Cruzes dos Passos
  • Ponte sobre o rio Uilma
  • Trecho de calçada romana

EquipamentosEditar

A Igreja Paroquial, dedicada a Santa Eulália, contrasta com os modernos edifícios da Sede da Junta de Freguesia, onde funciona um Posto de Assistência e Serviço Médico-Social e a Biblioteca, mas sem o equilíbrio paisagístico pelo enquadramento das “escolas velhas ” e da Praça ao Eleito Local, tornado a área aprazível e agradável.

Dinâmica e intransigente na forma como acompanha a evolução que os nossos tempos marcam, a freguesia de Sanguedo revigora as suas estruturas básicas e de bem estar, em função das necessidades crescentes de uma população que, quotidianamente, se vai tornando mais exigente na fruição deste tipo de bens.

O posto de assistência médica, o conjunto de escolas primárias e pré-primárias, o centro social de apoio à terceira idade e a biblioteca, entre outros, constituem, um conjunto de modernos e funcionais edifícios que, articulando-se entre si, convergem no sentido de dar resposta aos mais profundos anseios da população.

LocalizaçãoEditar

Sanguedo, geograficamente localizada na zona norte do concelho, assume integralmente o seu posicionamento periférico, através da mais salutar convivência, quer com o vizinho concelho de Vila Nova de Gaia, com o qual faz fronteira através da freguesia de Sandim, quer com as suas congéneres concelhias de Lobão, Vila Maior, Fiães e Argoncilhe.

EconomiaEditar

Detentora de uma vetusta fisionomia rural e laboriosa por tradição, a freguesia de Sanguedo foi, até há relativamente pouco tempo, um centro aglutinador de pequenas indústrias caseiras, às quais se sobrepõe, na actualidade, um conjunto diversificado de pequenas e médias estruturas empresariais, que emerge em função e por inerência das necessidades da vida moderna, destacando-se entre todas, a florescente indústria da construção civil.

AssociatividadesEditar

Embora em termos populacionais a freguesia de Sanguedo, seja das menos povoadas do concelho, pode dizer-se que a sua vivência sócio-cultural é das mais ricas. Alicerçada em colectividades que desempenham um papel fundamental nesta área, como acontece por exemplo com a dinâmica “Juventude de Sanguedo”, a pequena e pouco populosa freguesia pode orgulhar-se da vida associativa e cultural da sua população, que assim garante, de forma eficaz, a transmissão das tradições mais genuínas as gerações presentes e vindouras.

FestasEditar

  • Festa em Honra de S. João (24 Junho)
  • Festa em Honra de S. Bartolomeu - Padroeiro (24 Agosto)
  • Festa em Honra de Santa Eulália (13 Dezembro)
  • Festa em Honra de João Paulo no Pinhal de Sanguedo (21 de Janeiro)

Referências

Ligações externasEditar