Schwedentrunk

Schwedentrunk (alemão: [ˈʃveːdn̩ˌtʁʊŋk], bebida sueca) é um método de tortura e execução no qual a vítima é forçada a ingerir enormes quantidades de imundícies, tais como excrementos. O nome foi cunhado pelas vítimas alemãs das tropas suecas durante a Guerra dos Trinta Anos. Este método de tortura também foi empregado por outras tropas internacionais, mercenários e saqueadores, especialmente por civis que seguiam as caravanas de bagagem suecas e que não recebiam qualquer pagamento. Esse método era utilizado para forçar camponeses ou cidadãos a entregar dinheiro escondido, comida, animais, etc., ou para extorquir sexo de mulheres.

Tortura pela água. Xilogravura de 1556.

A memória do Schwedentrunk foi imortalizada em um dos livros alemães mais lidos de seu tempo, a sátira Der abenteuerliche Simplicissimus, publicada por Hans Jakob Christoffel von Grimmelshausen em 1668[1].

MecanismoEditar

O uso do Schwedentrunk é registrado em histórias de cidades em todo o Sul da Alemanha. Embora os detalhes e as circunstâncias específicas difiram, os casos têm em comum o relato de uma vítima amarrada e amordaçada forçada a engolir (através de um funil) uma enorme quantidade de líquido nojento, às vezes fervente. Dentre as substâncias empregadas estavam: urina, excremento,estrume líquido e o tipo de esgoto hoje denominado água cinza.

Sem contar o nojo, as doenças e a possibilidade de infecção bacteriana, o Schwedentrunk causava intensa dor gástrica. Em função de os líquidos serem incompressíveis, o estômago da vítima e seus intestinos deviam expandir-se para acomodar as copiosas quantidades de líquidos. Os torturadores então comprimiam o abdome distendido com tábuas de madeira, pisoteavam a vítima ou a agrediam com paus até que esta revelasse o que queriam[2].

Ver tambémEditar

Referências

  1. «German Schleifheim von Sulsfort [i. e. Grimmelshausen, Hans Jakob Christoffel von]: Der Abentheurliche Simplicissimus Teutsch. Monpelgart [i. e. Nürnberg], 1669.». Deutsches Textarchiv. Consultado em 7 de julho de 2019 
  2. «A Nojenta Bebida de Tortura Sueca». Relativamente Interessante. 6 de agosto de 2013. Consultado em 7 de julho de 2019 

Ligações externasEditar