Abrir menu principal

Segmentectomia é o procedimento cirúrgico que implica extirpar um setor ou segmento do pulmão. Além da segmentectomia, existem também outros dois tipos de cirurgias conhecidas, a lobectomia e a pneumonectomia. O câncer de pulmão é uma das causas de morte por câncer mais prevalentes entre homens e mulheres. A primeira segmentectomia bem-sucedida foi realizada em 1939 pelos cirurgiões Churchill e Belsey.

ProcedimentoEditar

Também denominada ressecção segmental, é um procedimento em cirurgia torácica que consiste na remoção de um segmento pulmonar. Os segmentos bronco-pulmonares são subdivisões dos pulmões que funcionam como unidades independentes, mantendo-se unidos graças à presença de um delicado tecido conectivo.

Necessita-se de muita cautela durante a realização de uma segmentectomia para se preservar tanto quanto possível o tecido pulmonar funcional e sadio, sobretudo em pacientes que já possuem uma reserva cardiopulmonar limitada.

BibliografiaEditar

  • KOGIEN, Moisés Toracotomias: estudo epidemiológico em um hospital de grande porte da região Centro-Oeste do Paraná. 2006. Monografia (graduação) - Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO: Guarapuava, 2006.
  • TOWNSEND, Courtney M. et al.Sabiston: textbook of surgery: the biological basis of modern surgical practice. 17 edição. Philadelphia: Elsevier, 2004.
  Este artigo sobre Cirurgia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.