Seinen (青年?) ou mangás seinen (青年漫画?) são séries de mangá voltadas para o público masculino adulto. Em japonês, a palavra "seinen" significa literalmente "jovem", apesar de a mesma também ser usada para descrever o público-alvo de revistas de mangás como Weekly Manga Times e Weekly Manga Goraku, que se destinam a homens de 20 a 50 anos.[1] Mangás seinen são diferentes de mangás shōnen (destinados a garotos mais jovens), apesar de alguns mangás seinen, como xxxHolic, apresentar algumas semelhanças com mangá shōnen. Os principais gêneros de mangás seinen são ação, fantasia e ficção científica, além de comédia e esportes. O equivalente feminino de mangás seinen são os mangás josei.

Os mangás seinen se desenvolveram por volta da década 1970 a partir do gekigá. Este movimento, surgido na década de 1950 trazia histórias sérias, muitas vezes com críticas sociais e em um estilo de desenho mais realista para um público adulto. Com a dissolução dos grupos de artistas e da perda de importância da revista Garo, o gekigá se dissolveu na década de 1970. [1]

Famosas revistas seinen são Young Jump, Young Animal, Ultra Jump, Afternoon e Big Comic. Mangás seinen possuem uma grande variedade de estilos de arte e temáticas. Exemplos de séries seinen incluem: Lobo Solitário, 20th Century Boys, Akira, Monster, One Punch-Man, Pluto, Berserk, Mushishi, Planetes, Battle Royale, Ghost in the Shell, Hellsing, Battle Angel Alita, Maison Ikkoku e JoJo's Bizarre Adventure, que já foi um mangá shōnen.

Vale a pena lembrar que o conceito de "maduro" para sociedade japonesa é bem diferente da ocidental, quadrinhos como Hokuto no Ken que no Japão foi lançado em antologias shounen, para depois ser lançado em antologias Seinen.[2]

A grande diferença entre shounen e seinen está nos temas e no conteúdo maduro. Algumas histórias de seinen possuem personagens em idade típica de shounen, como personagens em idade escolar, mas os temas são mais maduros, geralmente contendo sexo e violência, que não são adequados em revistas infanto-juvenis.[1]

Os personagens dos seinen geralmente estão em torno dos 20 aos 40 anos e passam por problemas típicos de sua faixa etária, tendo muitas histórias se aprofundando em temas como negócios e política - que podem ser maçantes para os jovens - passando até por complexas histórias de ficção científica que exigem conhecimento universitário para se compreender. Os mangas seinen usam kanji de nível universitário. Outra característica dos seinen é a liberdade das histórias, pois não existem restrições, pode se colocar cenas explícitas de sexo em histórias seinen sem que sejam consideradas pornográficas (Dois exemplos são Love Junkies e Gantz, lançados no Brasil). Não existe a pressão para a criação de produtos como brinquedos e jogos de videogame. Não que isso impeça quadrinhos de Seinen terem desenhos animados de sucesso (nesse caso animes adultos) e suas linhas de brinquedos e jogos de videogame (como os jogos bishoujo e eroge).

Os seinen no Japão são tão populares quanto os shounen, apesar de terem poucos títulos conhecidos no Ocidente. O sucesso dos seinens se reflete nos jdrama. Como muitas histórias Seinen são realistas, é preferível a transposição para filmes, seriados, minisséries e novelas com atores reais do que para animações. Oldboy, um filme coreano de muita repercussão, foi baseado em um mangá seinen.

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c Robin E. Brenner (2007). Understanding manga and anime. [S.l.]: Libraries Unlimited. 9781591583325 
  2. Masanao Amano,Julius Wiedemann (2004). Manga design. [S.l.]: Taschen. 9783822825914