Abrir menu principal
Inclinação da Grande Pirâmide.

Seked (ou seqed) é uma antiga unidade de medida do Antigo Egito usada para a inclinação das faces triangulares de uma pirâmide direita.[1] O sistema foi baseado na medida do comprimento egípcio conhecido como o cúbito real. Ela era subdividida em sete palmas, cada uma das quais subdividida em quatro dígitos. A inclinação das encostas medidas era, portanto, expressa como o número de palmas e dígitos horizontais em relação a cada aumento real de côvados.

Esta inclinação, uma forma da medida moderna de "gradiente", é assim uma medida equivalente à nossa cotangente moderna do ângulo de inclinação.[2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Gillings: Mathematics in the Time of the Pharaohs 1982: pp 212
  2. Gillings: Mathematics in the Time of the Pharaohs 1982: pp 212

BibliografiaEditar

  • Edwards, I.E.S. (1979). The Pyramids of Egypt. [S.l.]: Penguin 
  • Gillings, Richard (1982). Mathematics in the Time of the Pharaohs. [S.l.]: Dover 
  • Lightbody, David I (2008). Egyptian Tomb Architecture: The Archaeological Facts of Pharaonic Circular Symbolism. [S.l.]: British Archaeological Reports International Series S1852. ISBN 978-1-4073-0339-0 
  • Petrie, Sir William Matthew Flinders (1883). The Pyramids and Temples of Gizeh. [S.l.]: Field & Tuer. ISBN 0-7103-0709-8 
  • Petrie, Flinders (1892). Medum. [S.l.]: David Nutt: London 
  • Petrie, Flinders (1940). Wisdom of the Egyptians. [S.l.]: British School of Archaeology in Egypt and B. Quaritch Ltd 
  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.