Sergey Gurenko

Syarhey Vitalyevich Hurenka ou Sergey Vitalyevich Gurenko - respectivamente, em bielorrusso, Сяргей Вітальевіч Гурэнка e em russo, Сергей Витальевич Гуренко (Hrodna, 30 de setembro de 1972) - é um ex-futebolista e treinador de futebol bielorrusso. Atualmente, treina o Dínamo Minsk.

Sergey Gurenko
Sergey Gurenko
Informações pessoais
Nome completo Syarhey Vitalyevich Hurenka (bielorrusso)
Syarhey Vitalyevich Gurenko (russo)
Data de nasc. 30 de setembro de 1972 (48 anos)
Local de nasc. Hrodna,  União Soviética
Nacionalidade bielorrusso
Altura 1,72 m
Apelido Gurya, Gurikov
Informações profissionais
Equipa atual Bielorrússia Dínamo Minsk
Posição Treinador (Ex-zagueiro/Volante)
Clubes profissionais
Anos Clubes
1989–1995
1995–1999
1999–2001
2000–2001
2001–2002
2002–2003
2003–2008
2009
2014
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas/Bielorrússia Neman Grodno
Rússia Lokomotiv Moscou
Itália Roma
Espanha Real Zaragoza (emp.)
Itália Parma
Itália Piacenza
Rússia Lokomotiv Moscou
Bielorrússia Dínamo Minsk
Bielorrússia Partizan Minsk
Seleção nacional
1994–2006 Flag of Belarus.svg Bielorrússia
Times/Equipas que treinou
2009
2009–2010
2010–2012
2012–2013
2013
2014
2014–2015
2015
2016–2017
2017–2019
2019–
Bielorrússia Dínamo Minsk (auxiliar-técnico)
Bielorrússia Dínamo Minsk
Bielorrússia Torpedo-BelAZ Zhodino
Bielorrússia Dínamo Minsk (diretor esportivo)
Rússia Krasnodar (auxiliar-técnico)
Rússia Spartak Nalchik (auxiliar-técnico)
Rússia Amkar Perm (auxiliar-técnico)
Bélgica Standard Liège (auxiliar-técnico)
Bandeira da Sérvia Sérvia (auxiliar-técnico)
Bielorrússia Dínamo Minsk
Bielorrússia Dínamo Minsk

CarreiraEditar

Gurenko iniciou sua carreira futebolística em 1989, no Neman Grodno. Pelo clube de sua cidade natal, realizou 185 partidas e marcou 5 gols em sete temporadas. Desempenho que lhe rendeu a contratação do zagueiro pelo Lokomotiv Moscou, onde jogou 112 vezes e marcou quatro gols.

Contratado pela Roma em 1999[1], Gurenko pouco atuou: foram apenas sete partidas. Entre 2000 e 2001, foi emprestado ao espanhol Real Zaragoza, atuando em 11 partidas. De volta ao futebol italiano, acabou dispensado pela Roma e acertou com o Parma - novamente o zagueiro entrou em campo 11 vezes. Pelo Piacenza, esteve presente em 25 partidas e marcou um gol.

Gurenko regressou ao Lokomotiv Moscou em 2003, sendo inclusive um dos vice-capitães da agremiação. No ano seguinte, foi fundamental para o título do Campeonato Russo atuando como volante. Até 2008, realizou 113 jogos e marcou 2 gols.

Liberado pelo Lokomotiv em 2009, Gurenko decidiu voltar à Bielorrússia para jogar no Dínamo Minsk[2]. Em julho de 2009, acumulou a função de assistente, encerrando sua carreira de jogador pela primeira vez em agosto. Retornou aos gramados em 2014, aos 41 anos, defendendo o Partizan Minsk na segunda divisão nacional[3][4][5]. A reestreia foi contra o FC Kletsk, que terminou derrotado por 3 a 0. Ele ainda jogaria outras 6 partidas antes de sua aposentadoria definitiva.

Pós-aposentadoriaEditar

Logo após deixar os gramados, Gurenko foi promovido ao cargo de treinador do Dínamo Minsk após a saída de Kirill Alshevskiy,[6] exercendo a função até 2010, quando foi contratado pelo Torpedo-BelAZ Zhodino.

Após nova passagem pelo Dínamo (agora como diretor-esportivo) e ter exercido funções de auxiliar de Slavoljub Muslin no FC Krasnodar, trabalharia ainda no Spartak Nalchik, também como assistente.

SeleçãoEditar

Pela Seleção Bielorrussa de Futebol, Gurenko disputou oitenta jogos entre 1994 e 2005, marcando três gols. É o segundo jogador que mais vezes atuou pela equipe[7].

Referências

   Este artigo sobre futebolistas bielorrussos é um esboço relacionado ao projeto desporto. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.