Serra da Lousã

área protegida de Portugal

A Serra da Lousã é uma serra de Portugal Continental, com 1205 metros de altitude no ponto mais elevado (Trevim). Situa-se na transição do distrito de Coimbra para o de Leiria. Integra o ramo norte da Cordilheira Central, constituída pelas serras da Estrela, Açor e Lousã, fazendo também parte do Sistema Montejunto-Estrela. No topo a serra tem 439 metros de proeminência topográfica e 31,17 km de isolamento topográfico.[1]

Esta serra abrange os concelhos de Miranda do Corvo, Lousã, Góis e Penela (no Distrito de Coimbra) e Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos (no Distrito de Leiria).

FaunaEditar

No dia três de março de 1995 iniciou-se a reintrodução cervídeos, nomeadamente veados (Cervus elaphus) e corços (Capreolus capreolus) na Serra da Lousã. Ao longo de vários anos, foram reintroduzidos 120 animais. Em 2017, existem aproximadamente três mil animais a viver em estado selvagem numa área superior a cem mil hectares.

EconomiaEditar

A região do mel de Denominação de Origem Protegida da Serra da Lousã integra dez municípios: Arganil, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Góis, Lousã, Miranda do Corvo, Pampilhosa da Serra, Pedrógão Grande, Penela e Vila Nova de Poiares, nos distritos de Coimbra e Leiria.

Serra da Lousã
Vista geral da Serra da Lousã
 
 
Serra da Lousã
Serra da Lousã, Portugal
Coordenadas 40° 5' 23" N 8° 10' 46" O
Altitude 1205 m (3953 pés)
Proeminência 439 m
Isolamento 31,17 km
Localização perto de Coimbra,   Portugal
Cordilheira Sistema Montejunto-Estrela
Sistema Central
Rota mais fácil A13, EN 17, EN342

Em 2013, a produção do mel de urze ascendeu a vinte e sete toneladas.[2]

Referências

  1. Peakbagger.com. «Castelo do Trevim, Portugal». Consultado em 18 de abril de 2018 
  2. Gazeta Rural n.º 257, 15 de Outubro de 2015, pág. 25.

Ver tambémEditar

Ligações ExternasEditar

  Este artigo sobre Geografia de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.