Seven Days to Noon

filme de 1950 dirigido por Roy Boulting e John Boulting

Seven Days to Noon (bra: Ultimato[1]) é um filme britânico de 1950, dos gêneros policial e suspense, dirigido por John Boulting e Roy Boulting e estrelado por Barry Jones e Olive Sloane.[1]

Seven Days to Noon
No Brasil Ultimato
 Reino Unido
1950 •  p&b •  94 min 
Direção John Boulting
Roy Boulting
Produção John Boulting
Roy Boulting
Peter De Sarigny
Roteiro Frank Harvey
Roy Boulting
Paul Dehn
(história)
James Bernard
(história)
Elenco Barry Jones
Olive Sloane
André Morell
Gênero filme de suspense
filme policial
Música John Addison
Direção de fotografia Gilbert Taylor
Figurino Honoria Plesch
Edição John Boulting
Roy Boulting
Lançamento Reino Unido 30 de outubro de 1950
Estados Unidos 18 de dezembro de 1950
Portugal 9 de janeiro de 1952
Idioma inglês

O crítico Colin Schindler considera Seven Days to Noon a maior contribuição britânica para a moda de produções sobre guerra nuclear, que vicejou na década de 1950.[2] O crítico Leonard Maltin atribuiu ao filme sua cotação máxima -- quatro estrelas.[3]

SinopseEditar

Idealista, o professor Willingdon trabalha em um centro de pesquisa atômica. Quando percebe as consequências apocalípticas de seu trabalho, ele constrói sua própria bomba e ameaça jogá-la sobre Londres dentro de uma semana. Impõe apenas uma condição para desistir da ideia: que toda pesquisa nuclear seja abandonada. Ao invés de atender a exigência, o governo evacua a cidade enquanto autoridades tentam prender o cientista enlouquecido utilizando sofisticados métodos de guerra psicológica.[4]

PremiaçõesEditar

Patrocinador Prêmio Categoria Situação
Academia de Artes e Ciências Cinematográficas Oscar Melhor história original Vencedor[5]
British Academy of Film and Television Arts BAFTA Melhor Filme Britânico Indicado[carece de fontes?]
Festival de Veneza Leão de Ouro Melhor Filme Indicado[carece de fontes?]

ElencoEditar

Ator/Atriz Personagem
Barry Jones Professor Willingdon
Olive Sloane Goldie
André Morell Foland
Sheila Manahan Ann Willingdon
Hugh Cross Stephen Lane
Joan Hickson sra. Peckett
Ronald Adam primeiro-ministro
Marie Ney sra. Willingdon
Wyndham Goldie rev. Burgess
Russell Waters detetive Davis
Martin Boddey gen. Willoughby
  A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. a b «Ultimato». Brasil: CinePlayers. Consultado em 25 de novembro de 2018 
  2. Shindler, Colin (1984). ”Cold War Cinema” in Movies of the Fifties (em inglês). Londres: Orbis. ISBN 9780856136627 
  3. Maltin, Leonard (2010). Classic Movie Guide, segunda edição (em inglês). Nova Iorque: Plume. ISBN 9780452295773 
  4. Erickson, Hal. «Seven Days to Noon» (em inglês). AllMovie. Consultado em 23 de março de 2017 
  5. «24.º Oscar - 1952». CinePlayers. Consultado em 22 de abril de 2019 
  Este artigo sobre um filme britânico é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.