Samassumuquim

Rei babilônico
(Redirecionado de Shamash-shuma-ukin)

Samassumuquim[1][2] (em acádio: Šamaš-šuma-ukin), irmão de Assurbanípal, foi um rei da Babilônia, que a governou por vinte anos.

Samassumuquim
Nascimento século VII a.C.
Morte 12 de julho de 648 a.C.
Cidadania Civilização babilônica
Progenitores
Irmão(s) Assurbanípal
Ocupação soberano
Causa da morte autoimolação

De acordo com o Brill's New Pauly, Samassumuquim foi helenizado como Saosducino (em grego clássico: Σαοσδούχινος; romaniz.: Saordoúchinos; em latim: Saosduchinus).[3] Saosducino, listado no cânone de Ptolomeu, também é conhecido como Saulmugina ou como Sammughes (segundo Alexandre, o Polímata).[4]

Pelo cânone de Ptolomeu, Saosducino iniciou seu reinado na Babilônia no ano egípcio[Nota 1] que começou em 6 de fevereiro de 667 a.C., e reinou por vinte anos, até o ano egípcio que começou em 1 de fevereiro de 647 a.C. Seu antecessor foi Asaradino (Asaradinus), e seu sucessor Cineladano (Cineladanus).[5]

Com a morte do seu pai, Assaradão, ele, que era o filho mais novo, foi colocado como vice-rei, no trono da Babilônia. Ele reinou por vinte anos, até 648 a.C., quando se revoltou contra seu irmão mais velho, Assurbanípal, foi conquistado e queimado até a morte. Cineladano, seu irmão e irmão de Assurbanípal, foi seu sucessor.[4]

Vários eventos que ocorreram durante seu reinado estão relatados em um documento cuneiforme, a Crônica de Samassumuquim.[6]

James Ussher identifica Saosducino com o rei Nabucodonosor, citado no Livro de Judite.[7]

Notas e referências

Notas

  1. Um ano egípcio tem trezentos e sessenta e cinco dias.

Referências

  1. Champlin, Darrell Steven (1991). «Assurbanipal». Enciclopédia de Bíblia, Teologia e Filosofia Vol. 3 - A/C. São Paulo: Hagnos. p. 353 
  2. Schultz, Samuel J. A História de Israel no Antigo Testamento. São Paulo: Sociedade Religiosa Edições Vida Nova. p. 162 
  3. «Saosduchinus». Brill’s New Pauly 
  4. a b George Smith, History of Assurbanipal: Translated from the Cuneiform Inscriptions (1871), p.352 [google books]
  5. Cânone de Ptolomeu, Os reis dos babilônios [em linha]
  6. Crônica de Samassumuquim, site www.livius.org [em linha]
  7. James Ussher, The Annals of the World 668 BC [em linha]