Em construção, silhar (do inglês ashlar, 'bloco de pedra usado em construções,' derivado do francês antigo aiseler e este do latim axillaris, por derivação de axilla, diminutivo de axis, no sentido de 'prancha' [1]) é o nome que se dá à pedra toscamente aparelhada ou lavrada, em forma geométrica, geralmente quadrangular, usada em obras de alvenaria,[2] ou à pedra lavrada e quadrangular, usada para revestimento de paredes, [3] ou, ainda, à pedra que vai do solo até meio da parede.[4]

Constitui-se num dos elementos decorativos da arquitetura, principalmente no período neoclássico, embora seu uso precípuo tenha-se dado nas edificações medievais, como os castelos e fortes.


Silhares do castelo de Oreja, Ontígola (à esquerda), e do aqueduto de Segóvia (centro e direita), Espanha.
Silhares do castelo de Oreja, Ontígola (à esquerda), e do aqueduto de Segóvia (centro e direita), Espanha.

Referências

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.