Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2010). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Sion (Belo Horizonte)
  Bairro do Brasil  
Vista Noturna de Sion.
Vista Noturna de Sion.
Área
- Total 1,19m²
População
 - Total 1,50
- Número de eleitores 14,6
- IDH 0,973
- Expectativa de vida ao nascer (anos) 80,34
Domicílios 10,8
Alfabetização 100
Energia elétrica (%) sim
Água encanada (%) sim
Coleta de lixo (%) sim
Fonte: PNUD/2000[1]
Placa indicativa da entrada do bairro.

O Sion é um bairro da Região Centro-Sul de Belo Horizonte. O bairro cresceu em torno do Colégio Nossa Senhora de Sion (atual Colégio Santa Dorotéia).

Índice

HistóriaEditar

O antigo Colégio Sion, atual Santa Dorotéia, internato religioso para meninas, filhas de famílias tradicionais mineiras, serviu de inspiração para o nome do bairro, que teve sua primeira planta aprovada pela Prefeitura de Belo Horizonte em 1928. Na época, as dificuldades de acesso e a distância do centro urbano fizeram com que o lugar ficasse quase isolado, até sua expansão, a partir dos anos 40 e 50.

Sua população é basicamente composta por pessoas de classe média alta. Sendo também encontrada no bairro a comunidade de baixa renda Vila Acaba Mundo, localizada próxima ao Parque Municipal Juscelino Kubitschek (Praça JK), com cerca de 350 domicílios e uma população estimada de 19.700 pessoas (segundo o censo de 2010).

Infra-estruturaEditar

O bairro Sion é equipado com boa infraestrutura comercial, de lazer, escolas públicas e particulares, praças e parques bem conservados. A proximidade com a Savassi e o acesso pelas Avenidas Nossa Senhora do Carmo e Afonso Pena contribuem para a valorização comercial do bairro.

LazerEditar

O Sion possui um grande número de bares e restaurantes. Há ainda áreas verdes, como a pequena reserva ecológica da Mata das Borboletas e praças bem cuidadas, como Nova York, Miguel Chiquilof e Alasca, além do Parque JK, com áreas para atividades esportivas e eventos artísticos / culturais.

Especulação ImobiliáriaEditar

Nos últimos dez anos, o bairro Sion tem sido alvo de forte especulação imobiliária. Vários casarões e até mesmo pequenos prédios são demolidos para dar lugar a grandes edifícios residenciais. Esta mudança traz consequências, como a perda do clima de tranquilidade e sossego, o aumento do trânsito de veículos (mesmo em ruas estreitas) e também o aumento do número de ocorrências de furtos e assaltos.

Principais viasEditar

Indicadores sociaisEditar

O bairro Sion foi aquele com o melhor IDH de Belo Horizonte (0,973) de 2008.

 
Colégio Santa Dorotéia, no bairro sion da cidade de Belo Horizonte, Brasil.

Bairros vizinhosEditar

SegurançaEditar

Em parceria com a Policia Militar de Minas Gerais, os moradores e comerciantes do Sion participam de grupos nos aplicativos WhatsApp e Telegram onde resolvem a maioria dos seus problemas desde fevereiro de 2015. Atualmente mais de 1.000 pessoas participam ativamente das discussões que visam tanto uma redução da criminalidade e maior qualidade de vida quanto valorização dos imóveis. Toda esta iniciativa é gratuita.

Associação de Moradores "Sion Unido"Editar

Em janeiro de 2017, a Associação de Moradores, Comerciantes e Amigos dos bairros Carmo e Sion - "Sion Unido", inicia o seu funcionamento, com a premissa de além de defender os interesses dos moradores e comerciantes do bairro, buscar uma melhor qualidade de vida para todos que moram ou trabalham no bairro. Com funcionalidade espelhada nas associações de bairros norte-americanas a "Sion Unido" inicia com projetos arrojados, ideias novas e serviços exclusivos a associados, como por exemplo o "Negócios de Bairro" em que um consultor especializado vai ao comércio afim de identificar orientar em como empreender mais e otimizar os recursos. Além disso, a associação busca dicas nos mais diversos países para capacitar os seus associados.

Referências