Snowboard nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 - Snowboard cross feminino

Snowboard nos
Jogos Olímpicos de Inverno de 2018
Snowboarding pictogram.svg
Slalom gigante paralelo masc fem
Halfpipe masc fem
Slopestyle masc fem
Big air masc fem
Snowboard cross masc fem

O snowboard cross feminino do snowboard nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 foi disputado em 16 de fevereiro no Parque de Neve Phoenix, em Pyeongchang.[1]

Esta foi a última participação olímpica da snowboarder brasileira Isabel Clark Ribeiro. Durante a última sessão de treinamento em 14 de fevereiro, Isabel sofreu uma queda e lesionou o joelho e calcanhar direitos.[2] No dia seguinte Isabel anunciou que não havia se recuperado da lesão e que estava fora da competição.[3] Antes dos Jogos, Clark vinha se recuperando de outro acidente em uma competição anterior, no qual ela lesionou o pescoço.[4] Detentora do até então melhor resultado do Brasil em Jogos Olímpicos de Inverno, com o 9º lugar nos Jogos Olímpicos de 2006, Isabel Clark se retira do esporte sem uma sucessora nacional na modalidade.[5]

MedalhistasEditar

  Ouro  ITA Michela Moioli
  Prata  FRA Julia Pereira de Sousa Mabileau
  Bronze  CZE Eva Samková

ResultadosEditar

QualificatóriaEditar

A fase qualificatória foi realizada às 10:00.[6] Inicialmente as 24 melhores avançariam para a fase eliminatória e haveria duas atletas eliminadas, mas como Isabel Clark Ribeiro e Meryeta Odine não fizeram suas descidas, todas as outras atletas se classificaram automaticamente e esta fase serviu apenas como rodada de ranqueamento.

Pos. Ordem Atleta Descida 1 Descida 2 Melhor Notas
1 16  CZE Eva Samková 1:16.84 1:16.84 Q
2 2  ITA Michela Moioli 1:16.97 1:16.97 Q
3 6  USA Faye Gulini 1:17.74 1:17.74 Q
4 13  USA Lindsey Jacobellis 1:18.05 1:18.05 Q
5 8  FRA Charlotte Bankes 1:18.18 1:18.18 Q
6 4  FRA Chloé Trespeuch 1:18.51 1:18.51 Q
7 18  SUI Simona Meiler 1:18.95 1:18.95 Q
8 7  FRA Nelly Moenne-Loccoz 1:20.23 1:20.23 Q
9 5  BUL Aleksandra Zhekova 1:20.23 1:20.23 Q
10 10  AUS Belle Brockhoff 1:20.34 1:20.34 Q
11 24  USA Meghan Tierney 1:20.52 1:20.52 Q
12 17  OAR Mariya Vasiltsova 1:20.57 1:20.57 Q
13 1  CAN Zoe Bergermann 1:21.57 1:18.65 1:18.65 Q
14 19  OAR Kristina Paul 1:21.93 1:19.93 1:19.93 Q
15 12  FRA Julia Pereira de Sousa Mabileau 1:21.72 1:20.17 1:20.17 Q
16 21  SUI Alexandra Hasler 1:20.87 1:20.49 1:20.49 Q
17 20  GBR Zoe Gillings-Brier 1:20.99 1:20.84 1:20.84 Q
18 11  CAN Carle Brenneman 1:21.57 1:20.89 1:20.89 Q
19 9  ITA Raffaella Brutto DNF 1:21.14 1:21.14 Q
20 14  CAN Tess Critchlow 1:21.39 1:21.83 1:21.39 Q
21 15  SUI Lara Casanova 1:22.26 DNS 1:22.26 Q
22 22  GER Jana Fischer 1:22.92 DNF 1:22.92 Q
23 25  POL Zuzanna Smykała 1:23.41 1:23.44 1:23.41 Q
24 26  CZE Vendula Hopjáková DNF DNF DNF Q
3  CAN Meryeta Odine DNS DNS DNS
23  BRA Isabel Clark Ribeiro DNS DNS DNS

Fase eliminatóriaEditar

As três primeirss de cada bateria avançam para a fase seguinte. Nas semifinais as três primeiras de cada bateria vão para a grande final e as três restantes para a pequena final. [7]

Quartas de finalEditar

SemifinaisEditar

FinaisEditar

Pequena final
Pos. Bib Atleta Notas
7 5  FRA Charlotte Bankes
8 19  ITA Raffaella Brutto
9 20  CAN Tess Critchlow
10 8  FRA Nelly Moenne-Loccoz
11 10  AUS Belle Brockhoff
12 14  OAR Kristina Paul DNF
Grande final
Pos. Bib Atleta Notas
  2  ITA Michela Moioli
  15  FRA Julia Pereira de Sousa Mabileau
  1  CZE Eva Samková
4 4  USA Lindsey Jacobellis
5 6  FRA Chloé Trespeuch
6 9  BUL Aleksandra Zhekova
Legenda
  Recorde mundial (World record)   Recorde africano (African) Q Classificado por posição (Qualified)
  Recorde olímpico (Olympic record)   Recorde da América (Americas) q Classificado por melhor tempo (Qualified)
  Melhor marca do ano (World leading)   Recorde asiático (Asian) DNS Não largou (Did not start)
  Recorde nacional (National record)   Recorde europeu (European) DNF Não terminou (Did not finish)
  Recorde pessoal do atleta (Personal best)   Recorde da Oceania (Oceania) DSQ / DQ Desclassificado (Disqualified)
  Recorde da temporada do atleta (Season best)   Recorde sul-americano (South America) NM Sem marca (No mark)

Referências

  1. «Snowboarding: Women's Snowboardcross (Start list)» (PDF) (em inglês). PyeongChang2018.com. Consultado em 16 de fevereiro de 2018 
  2. Thierry Gozzer; Raphael Andriolo (14 de fevereiro de 2018). «Isabel Clark sofre com fortes ventos, cai em treino e passa por exames no hospital». GloboEsporte.com. Consultado em 16 de fevereiro de 2018. Brasileira será reavaliada na manhã desta quinta em PyeongChang para poder competir na manhã de sexta - noite de quinta no Brasil 
  3. Raphael Andriolo; Thierry Gozzer (15 de fevereiro de 2018). «Com dores e joelho inchado, Isabel Clark está fora dos Jogos de PyeongChang». GloboEsporte.com. Consultado em 16 de fevereiro de 2018. Brasileira tem ausência confirmada no snowboard cross um dia depois de queda em treino 
  4. «Em recuperação, Isabel Clark chega para sua última Olimpíada». Veja. 8 de fevereiro de 2018. Consultado em 16 de fevereiro de 2018. Dona do melhor resultado do Brasil nos Jogos de Inverno, a atleta do snowboard sofreu uma lesão cervical após queda no final do ano passado 
  5. Marcelo Laguna (31 de janeiro de 2018). «Isabel Clark se despede do snowboard olímpico sem sucessora». Veja. Consultado em 16 de fevereiro de 2018. Dona do melhor resultado do Brasil na história dos Jogos Olímpicos de Inverno, atleta carioca teme pela falta de atletas na modalidade 
  6. «Snowboarding: Women's Snowboardcross (Qualification)» (PDF) (em inglês). PyeongChang2018.com. Consultado em 16 de fevereiro de 2018 
  7. «Snowboarding: Women's Snowboardcross (Results)» (PDF) (em inglês). PyeongChang2018.com. Consultado em 16 de fevereiro de 2018