Palestra Italia

página de desambiguação de um projeto da Wikimedia

Palestra Italia era a antiga denominação de alguns clubes do futebol brasileiro, como a Sociedade Esportiva Palmeiras de São Paulo e o Cruzeiro Esporte Clube, de Belo Horizonte, entre outros.

Tricampeonato 1928, 1929 (invicto) e 1930 (invicto) do Palestra Italia de Belo Horizonte.
Disambig grey.svg Nota: Se procura o estádio de futebol, veja Estádio Palestra Itália.

Fundando em 1914, o Palmeiras chamava-se Palestra Italia.[1] O Cruzeiro, por sua vez, fundado em 1921, tinha a denominação de Società Sportiva Palestra Italia.

Segunda Guerra MundialEditar

 
Time do Palestra Itália, de São Paulo, em 1916

Quando o Brasil declarou guerra ao Eixo (na Segunda Guerra Mundial), o governo de Getúlio Vargas proibiu e, consequentemente, determinou as mudanças de nomes que fizessem menção direta ou indireta à Itália, à Alemanha e ao Japão.

O Palestra Itália de São Paulo escolheu o nome "Palmeiras" para aproveitar o P no uniforme e lembrar a extinta Associação Atlética das Palmeiras, na qual alguns jogadores do Palestra haviam jogado. Em 2009, o Palmeiras utilizou um uniforme azul, em homenagem a seleção italiana de futebol.

O Palestra Itália de Minas Gerais com a necessidade de se transformar o clube numa entidade totalmente brasileira, e após a publicação de outro Decreto-Lei em 31 de agosto de 1942, foi concretizada em 2 de outubro de 1942, quando, numa reunião da diretoria, foi aprovada uma nova mudança no nome do clube para Ypiranga, em homenagem ao local onde teria sido proclamada a Independência do Brasil. No dia 7 de outubro de 1942, numa nova assembleia, que acabou com a renúncia do presidente Ennes Cyro Pony,entregar a direção do clube, por 15 dias, a uma junta governativa; doar todos os troféus e bronzes à campanha do metal e adotar um novo uniforme para a equipe de futebol. E foi aprovado o nome do clube que permanece até hoje: Cruzeiro Esporte Clube, uma homenagem ao símbolo maior da pátria, a constelação do Cruzeiro do Sul, e que foi sugerida pelo ex-presidente do clube Oswaldo Pinto Coelho, o time ainda utilizaria o nome Palestra, provisóriamente durante todo o final de 1942, pois a burocracia da Federação de Futebol só aprovou os novos estatutos no início de 1943.[2][3]


Homenagens ao Palestra ItáliaEditar

Em homenagem ao Palestra (S.E Palmeiras, Cruzeiro E.C) vários outros clubes adotaram a mesma denominação em municípios do interior paulista, estando alguns deles ainda em atividade, tais como; "Palestra Esporte Clube de São José do Rio Preto", Palestra de São Bernardo e outros. Houve também muitos outros que foram "extintos", tais como; Palestra Itália de São Carlos, "Palestra Itália de Rio Claro", "Palestra Futebol Clube de Ribeirão Preto" e outros.

No Paraná houve um Palestra Itália Futebol Clube, fundado em 1921, que fundiu-se com o Britânia Sport Club e com o Clube Atlético Ferroviário em 1971 para dar origem ao Colorado Esporte Clube. O Colorado, por sua vez, fundiu-se ao Esporte Clube Pinheiros, formando o Paraná Clube em 1989.

Interessante notar ainda que houve um clube denominado Palestra Itália, que não praticava futebol, na cidade de Nova Iorque, onde a imigração italiana também deixou influências socioculturais muito fortes.

Ver TambémEditar

Referências

  1. «O verdadeiro nome do Palestra». Palmeiras - Site Oficial. 9 de fevereiro de 2011. Consultado em 15 de dezembro de 2012 
  2. [1] A LUCTA DOS TITANS A invenção da rivalidade entre Clube Atlético Mineiro e a Sociedade Sportiva Palestra Itália: 1921 - 1942 - Consultado em 15 de Junho de 2017.
  3. [2] “O clássico dos clássicos” das alterosas mineiras:a invenção da rivalidade futebolística entre Athletico e Palestra - Consultado em 22 de Junho de 2017.