Sonsoles Suárez

Sonsoles Suárez
Nascimento 1967 (53 anos)
Madri
Cidadania Espanha
Progenitores Mãe:Amparo Illana
Pai:Adolfo Suárez
Ocupação jornalista, apresentadora de televisão

Sonsoles Suárez Illana (Madri, 1967) é uma jornalista espanhola.

BiografiaEditar

É filha de Amparo Illana Elórtegui e o expresidente do Governo de Espanha Adolfo Suárez González, falecido em 2014.

Depois de licenciar-se em jornalismo, em Zaragoza em setembro de 1992 contrai casal com Pocholo Martínez Bordiú (José María Martínez-Bordiú e Bassó), filho dos XVII barones de Gotor, actual XVIII barón de Gotor e emparentado por afinidad com a família Franco. Depois de dois anos de casal produz-se a separação e mais tarde o divórcio.

Em 1993 trabalha como ajudante de produção no programa Primeiro Plano de Canal + e a princípios de 1994 se incorpora a Antena 3 e durante ano e meio apresentou os boletins de Telenoticias, a televisão por satélite da corrente. Em julho de 1995 Sonsoles debuta no âmbito nacional substituindo a Marta Robles no programa de Antena 3 A toda a página.

Depois de duas temporadas em antena, abandona o programa em janeiro de 1997 e em 1998 marcha a Moçambique, onde permanece três anos colaborando em labores de ajuda humanitária com Fundação CEAR (Comissão Espanhola de Ajuda ao Refugiado).

A seu regresso, e depois de superar um cancro, volta a televisão, e de novo incorpora-se a Antena 3. Primeiro com o programa de acontecimentos As caras do crime (2002) e depois com o espaço de actualidade Espelho público, onde permanece até finais de 2006 e que lhe fez merecedora de um prêmio Antena de Ouro (2006) na categoria de televisão.

O 19 de maio 2012 contrai casamento com o músico Paulo Wilson.[1]

Referências