Soro fisiológico

soro fisiológico

Soro fisiológico é uma solução isotônica em relação aos líquidos corporais que contem 0,9%, em massa, de NaCl em água destilada. Cada 100mL da solução aquosa contém 0,9 gramas do sal (0,354 gramas de Na+ e 0,546 gramas de Cl-, com pH = 6,0). A solução estéril é normalmente usada para infusão intravenosa (devido à isotonicidade com relação ao sangue humano), lavagem de lentes de contato, irrigação nasal,limpar machucados(mais especificamente ralados),[1] e muitas vezes usada ​​para limpar um novo piercing, além de utilizada na hidratação da pele. Isso porque o soro possui propriedades de limpeza, capaz de diminuir a dilatação dos poros do rosto e nutrir a cútis.[2] Também é um bom meio para armazenar um dente avulsionado (arrancado) até que possa ser re-implantado por um dentista qualificado.

Bolsa de solução salina 0,9%

Soluções salinas estão disponíveis em várias formulações para diferentes fins. Também são utilizadas em biologia celular, biologia molecular, bioquímica e em experiências.

UsosEditar

Deve ser usado frio e devidamente esterilizado, portanto, deve ser guardado em geladeira.

PrecauçõesEditar

Algumas formulações de soro fisiológico contém fármacos e por esse motivo não podem ser utilizadas em oftalmologia.

A solução fisiológica deve ser aquecida (!) depois da geladeira na administração intravenosa, na utilização de terapia tópica, evitando o resfriamento do leito da ferida, portanto o atraso da cicatrização. A administração intravenosa excessiva de solução salina (0,9% NaCl), pode causar condições clínicas indesejáveis. Um litro de solução salina (soro fisiológico) contém 9 g de sal, essa quantidade é cerca de duas vezes maior do que a necessidade diária recomendada. Caso um paciente, após a administração de solução salina, solicite água para beber significa que ele tem muito Na+ no organismo, ou seja, ele recebeu excesso de sal (salina). Alem disso, sabe-se agora que a infusão rápida de NS pode causar acidose metabólica.[3]

Efeitos colaterais da administração excessiva de solução salinaEditar

  • Acidose
  • Super-hidratação
  • Edema
  • Hipocalemia
  • Hipernatremia
  • Náusea, vômito, diarreia, cólicas estomacais
  • Lacrimação, sudorese, febre
  • Taquicardia, hipertensão arterial
  • Insuficiência renal
  • Dor de cabeça, tonturas, ansiedade, fraqueza.[4]

Hipernatremia - o nível de sódio no sangue é superior a 145 mEq / l, causa sede e, devido à diminuição das células cerebrais, pode causar confusão e cãibras musculares. Cloreto de sódio alto pode levar a convulsões e coma. A morte pode ser causada pela ingestão de grandes quantidades de sal (cerca de 1 g por kg de peso corporal) ou também pode ser causada pelo uso excessivo de soluções salinas ou se usado acidentalmente em vez de açúcar nos alimentos.

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b «Soro fisiológico limpa, hidrata e ajuda a evitar problemas no nariz». Globo.com. Bem Estar. 22 de agosto de 2013. Consultado em 25 de setembro de 2013 
  2. «Truque de famosas, soro fisiológico reduz dilatação de poros». Agência Hélice. Terra. 06 de Março de 2013. Consultado em 25 de setembro de 2013  Verifique data em: |data= (ajuda)
  3. Prough, DS; Bidani, A (1999). "Hyperchloremic metabolic acidosis is a predictable consequence of intraoperative infusion of 0.9% saline". Anesthesiology. 90 (5): 1247–1249. doi:10.1097/00000542-199905000-00003
  4. 0.9% NaCl (Normal Saline) - Perhaps not so normal after all?Transfus Apher Sci. 2018 Feb; 57(1):127-131. doi: 10.1016/j.transci.2018.02.021
  Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.