Sousa da Silveira

Álvaro Ferdinando de Sousa da Silveira (Rio de Janeiro, 1 de maio de 1883 — Rio de Janeiro, 5 de setembro de 1967) foi um filólogo, lingüista, foneticista e lexicógrafo brasileiro.

Sousa da Silveira
Nome completo Álvaro Ferdinando de Sousa da Silveira
Nascimento 1 de maio de 1883
Rio de Janeiro, Brasil
Morte 5 de setembro de 1967 (84 anos)
Rio de Janeiro, Brasil
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Ocupação Filólogo, lingüista, foneticista e lexicógrafo
Prémios Prémio Machado de Assis (1943)
Magnum opus Lições de português

Bacharel em Ciências e Letras pelo Colégio D. Pedro II; Engenheiro Geográfico e Civil pela Escola Politécnica do Rio de Janeiro; Docente nomeado na Cadeira de Português da Escola Normal do distrito federal; Professor da Seção de Português, Latim e Literatura da Escola Técnica Secundária do Departamento de Educação.

BiografiaEditar

Filho de pai português. No liceu foi contemporâneo de Manuel Bandeira, Antenor Nascentes e de outros que seriam grandes vultos no Brasil.
Nas suas aulas de textos vicentinos tinha como ouvintes Manuel Bandeira e Mário de Andrade[1].

ObrasEditar

  • Lições de português
  • Máximas, pensamentos e reflexões do Marquês de Maricá
  • Trechos seletos: complemento prático as "lições de português"
  • Fonética sintática
  • Textos quinhentistas
  • Algumas Fábulas de Pedro
  • A Língua Nacional e o seu estudo (Conferência)

Referências

  1. Revista COLÓQUIO/Letras n.º 73 (Maio de 1983). Letras em trânsito, pág. 116.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.