Abrir menu principal
Soyuz TM-6
Insígnia da missão
Informações da missão
Sinal de chamada Прото́н (Proton)
Número de tripulantes 3
Lançamento 29 de Agosto de 1988
04:23:11 UTC
Baikonur LC1
Aterrissagem 21 de Dezembro de 1988
09:57:00 UTC
160 km SE de Dzhezkazgan
Órbitas ~1 840
Duração 114d 5h 33min 49s
Navegação
Soyuz TM-5 mission patch.svg Soyuz TM-5
Soyuz TM-7 Soyuz TM-7 patch.png

Soyuz TM-6 foi a sexta missão do programa Soyuz à estação orbital soviética Mir, realizada entre agosto e dezembro de 1988. A nave levou até a Mir o cosmonauta afegão Abdul Ahad Mohmand, integrante do programa político-espacial soviético Intercosmos.[1][2]

TripulaçãoEditar

Parâmetros da MissãoEditar

[1][2]

Pontos altos da missãoEditar

O Dr. Valeri Polyakov permaneceu na Mir com os cosmonautas Musa Manarov e Vladimir Titov, quando Mohmand e Lyakhov voltaram à Terra na Soyuz TM-5. Este grupo tinha uma constituição única, com um comandante (Vladimir Lyakhov) que tinha sido treinado para voar com uma Soyuz-TM sozinho no caso de uma nave de resgate precisar ser enviada para recuperar dois cosmonautas da Mir, nenhum engenheiro de vôo, e dois cosmonautas-pesquisadores sem experiência.[1][2]

Um era o Dr. Valeri Polyakov, que iria permanecer a bordo da Mir com Titov e Manarov para monitorar suas saúdes durante os meses finais de suas estada com duração em torno de um ano. O outro era o cosmonauta do Intercosmos Abdul Ahad Mohmand, do Afeganistão. O programa de experimentos de Mohmand era em sua maioria uma série de observações do Afeganistão, chamada Shamshad. Durante o retorno à Terra, a Soyuz TM-5, trazendo Mohmand, sofreu um problema combinado de sensores e software, o que atrasou sua reentrada em 24 horas.[1][2]

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. a b c d e Mark Wade. «Soyuz TM-6». Encyclopedia Astronautica. Consultado em 22 de julho de 2019 
  2. a b c d e Joachim Becker e Heinz Janssen (29 de agosto de 2018). «Soyuz TM-6». SPACEFACTS. Consultado em 22 de julho de 2019 

Ligações externasEditar