Abrir menu principal
Soyuz TMA-02M
Insígnia da missão
Informações da missão
Sinal de chamada Aquarius
Número de tripulantes 3
Lançamento 7 de junho de 2011
Cosmódromo de Baikonur
Aterrissagem 22 de novembro de 2011
Estepes do Casaquistão
Imagem da tripulação
Da esquerda para direita: Fossum, Volkov e Furukawa
Da esquerda para direita:
Fossum, Volkov e Furukawa
Navegação
Soyuz TMA-21 Soyuz TMA-21
Soyuz TMA-22 Soyuz TMA-22

Soyuz TMA-02M foi uma missão do programa espacial russo Soyuz à Estação Espacial Internacional, 110º voo das naves tripuladas Soyuz e o segundo voo do novo modelo TMA-M.[1] Transportando três tripulantes que integraram-se à Expedição 28, ela foi lançada do Cosmódromo de Baikonur às 21:12 UTC de 7 de junho de 2011, para uma viagem de cerca de seis meses no espaço, quando permaneceu acoplada à ISS durante este período servindo como nave de escape.

A missão teve seu encerramento em 22 de novembro de 2011, com a aterrissagem da nave e de seus três tripulantes nas estepes do Casaquistão, após mais de 200 dias em órbita terrestre.[2]

TripulaçãoEditar

Parâmetros da MissãoEditar

[3]

InsígniaEditar

A insígnia da missão é inspirado num desenho de um foguete espacial feito por Kati Ikramov, de oito anos de idade, residente em Krasnoyarsk, Rússia, e foi aprovado por Anatoli Perminov, ex-chefe da Agência Espacial Russa. [4] Ela mostra a Soyuz em órbita da Terra, com o foguete ao fundo, cruzando o espaço.

NaveEditar

A Soyuz TMA-02M é o segundo exemplar e a segunda missão russa usando o novo tipo de espaçonave da série Soyuz TMA-M, que teve seu sistema de navegação modernizado e tem menor peso que as versões anteriores. Este foi o último voo de teste e desenvolvimento deste tipo de espaçonave; a missão posterior, Soyuz TMA-03M, está programada para ir ao espaço em fins de dezembro de 2011 e será um voo de qualificação encerrando o período de avaliação do novo modelo. Ela foi desenhada e construída pela empresa RKK Energia, a maior companhia da indústria espacial russa.[1]

TreinamentoEditar

Entre 12 e 13 de maio de 2011, as tripulações titular e reserva da missão passaram por exames médicos no Centro de Treinamento de Cosmonautas Yuri Gagarin na Cidade das Estrelas, próximo a Moscou. A tripulação principal passou a treinar integralmente em simuladores da ISS enquanto os reservas entraram em treinamento na réplica da Soyuz. Os testes no simulador da estação visam a simular um dia de trabalho na estação com instrutores criando certas contingências anormais de funcionamento e procedimentos de emergência.

As tripulações chegaram a base de Baikonur no dia 25 de maio, sempre viajando em aviões diferentes, onde tiveram alguns dias de treinamento na nave no próprio sítio de lançamento, experimentando os trajes espaciais Sokol, a acomodação da carga na cápsula de descida, testando a comunicação dos capacetes e verificação de vazamentos.

Lançamento e acoplagemEditar

Lançada de Baikonur às 21:12 UTC de 7 de junho (02:12 de 8 de junho na hora local), [5] a Soyuz atingiu a órbita minutos depois, num lançamento sem problemas.[5]Seu acoplamento com a ISS foi realizado em 9 de junho, no Módulo Rassvet da estação. [6]

A bordo da ISS, os tripulantes Volokov, Fukuwara e Fossum juntaram-se aos astronautas que já a ocupavam e estavam à sua espera, Andrei Borisenko, Aleksandr Samokutyayev e Ronald Garan Jr., para iniciarem a Expedição 28.[7]

RetornoEditar

Ao fim da Expedição 28, a tripulação da Soyuz TMA-02M desacoplou-se da ISS, onde esteve estacionada por quase cinco meses, e retornou à Terra, encerrando a missão em 22 de novembro de 2011, pousando nas estepes do Casaquistão às 02:26 UTC, onde foi recebida pelas equipes de apoio em terra da Roskosmos e da NASA.

GaleriaEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b Soyuz TMA-M manned transport vehicle of a new series Energia Corporation
  2. Chow, Denise. «3 Space Station Astronauts Land Safely in Kazakhstan». space.com. Consultado em 26 de novembro de 2011 
  3. Mark Wade. «Soyuz TMA-02M». Encyclopedia Astronautica. Consultado em 24 de julho de 2019 
  4. Russian Federal Space Agency (12 de março de 2011). «Roscosmos Head Anatoly Perminov Approves the Patch of the Soyuz TMA-02M Crew». Consultado em 25 de maio de 2011. Arquivado do original em 15 de março de 2012 
  5. a b Soyuz Blasts Off To International Space Station. Arquivado em 14 de junho de 2011, no Wayback Machine. Accessed 8 June 2011
  6. Station-bound Soyuz space capsule climbs into orbit. Spaceflight Now, 7 June 2011. Accessed 8 June 2011
  7. Soyuz ship blasts off into space Arquivado em 23 de novembro de 2011, no Wayback Machine., Voice of Russia, 8 June 2011. Accessed 9 June 2011

Ligações externasEditar