Spahn Ranch

Disambig grey.svg Nota: Se procura a banda de música eletrônica, veja Spahn Ranch (banda).

Spahn Ranch, também conhecido como Spahn Movie Ranch é uma propriedade rural de 500 acres (2km²) situado em 1200 Santa Susana Pass Road, Chatsworth, Montanhas Santa Susana, na Califórnia, Estados Unidos. O rancho é mais conhecido por ter sido o local onde Charles Manson e os integrantes de seu grupo de assassinos, a Família Manson, habitaram no fim dos anos 60 e de onde partiram para cometer os assassinatos que os tornariam conhecidos mundialmente.

O Spahn Movie Ranch, com vista de parte da Old Santa Susana Stage Road.

O rancho pertenceu anteriormente a Wiliam Hart, um ator do cinema mudo, e lá foram filmados filmes famosos de faroeste como Duelo ao Sol e diversas cenas de séries de TV como Bonanza e Zorro. Um cenário de cidade do oeste permaneceu no rancho, até que o local foi destruído num incêndio, em novembro de 1970.

Spahn Ranch recebeu seu nome de um fazendeiro, George Spahn, que comprou a propriedade em 1948 e lá vivia em 1968, quando Charles Manson e sua ‘família’ apareceram procurando um local onde pudessem viver. Manson arranjou para que uma de suas seguidoras, Lynette 'Squeaky' Fromme, trabalhasse nos afazeres domésticos da parte do rancho habitada por George e fizesse sexo com ele, em troca da moradia de graça para o restante do grupo. O próprio Spahn deu a ela o apelido, ‘Squeaky’ (alguém que guincha, por causa da voz dela). Em 1976, 'Squeaky' seria condenada à prisão perpétua pela tentativa de assassinato do Presidente dos Estados Unidos, Gerald Ford. Depois de cumprir 34 anos de prisão, "Squeaky' foi libertada por boa conduta em 14 de agosto de 2009 da prisão federal de Fort Worth, Texas.[1]

George Spahn morreu em 22 de setembro de 1974 e sua antiga propriedade hoje pertence ao estado da Califórnia.

Referências