Steinway & Sons

Steinway & Sons é uma marca fabricante de pianos, fundada em 1853 por Heinrich Steinweg (e filhos) na cidade de Nova York, e com uma segunda fábrica estabelecida em 1880 na cidade de Hamburgo, Alemanha.[1] Embora as fábricas Steinway tenham sofrido grandes alterações, continuam hoje ainda a fazer pianos com a marca Steinway & Sons.

Steinway & Sons
Privada
Atividade Instrumentos musicais
Fundação 5 de março de 1853 (169 anos)
Fundador(es) Heinrich Steinweg
Sede Alemanha Hamburgo
Estados Unidos Nova Iorque
Área(s) servida(s) Global
Produtos Pianos
Website oficial eu.steinway.com
Piano Steinway em concerto por Constantin Sandu

A companhia é conhecida como um dos principais fabricantes mundiais e de mais alta qualidade em pianos. Após a fusão com a Selmer Company e outros fabricantes de instrumentos em 1995 para a Steinway Musical Instruments, Inc (NYSE:LVB), as suas actuais afiliadas incluem o Boston e Essex, mais duas linhas de pianos.

Membros da família Steinway

HistóriaEditar

Fundada pela família de fabricantes de piano Steinweg, após chegada aos Estados Unidos em 1850, a empresa cresceu rapidamente logo depois da sua fundação em 1853.

Steinweg foi obrigado a passar por um novo desafio no espaço de um ano, e ocupou a sua própria fábrica em 1860. Em 1880, Steinway Village foi fundada na cidade, que é agora Long Island City, proporcionando à nova fábrica fundições próprias, correios, parques e habitação para os trabalhadores. Os seus primeiros sucessos foram creditados tanto pela alta qualidade dos seus instrumentos, assim como pela brilhante máquina de marketing por trás da empresa, incluindo o seu showroom e os Steinway Hall.

A Steinway Street, é uma das principais vias Norte-Sul no Astoria e Long Island City, bairros de Queens, homenageando assim a sua figura.

ReferênciasEditar

  1. «Steinway & Sons». Biblioteca Nacional da Alemanha (em alemão). Consultado em 13 de dezembro de 2019 

Ligações externasEditar

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Imagens e media no Commons