Stream (computação)

(Redirecionado de Stream)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Stream (desambiguação).

Em ciência da computação, stream, em português fluxo, é uma sequência de elementos de dados disponibilizados ao longo do tempo. Um fluxo pode ser considerado como itens em uma esteira transportadora sendo processados um por vez, em vez de em grandes lotes.

Os fluxos são processados de maneira diferente dos dados em lote - as funções normais não podem operar em fluxos como um todo, pois têm dados potencialmente ilimitados e, formalmente, os fluxos são codatos (potencialmente ilimitados), não dados (que são finitos). Funções que operam em um fluxo, produzindo outro fluxo, são conhecidas como filtros e podem ser conectadas em pipelines, analogamente à composição de funções. Os filtros podem operar em um item de um fluxo de cada vez ou podem basear um item de saída em vários itens de entrada, como uma média móvel.

ExemplosEditar

O termo "stream" é usado de várias maneiras semelhantes:

AplicaçõesEditar

Os fluxos podem ser usados como o tipo de dado subjacente para canais na comunicação entre processos.

Outros usosEditar

O termo "fluxo" também é aplicado a bifurcações de sistema de arquivos, onde vários conjuntos de dados são associados a um único nome de arquivo. Na maioria das vezes, há um fluxo principal que constitui os dados normais do arquivo, enquanto fluxos adicionais contêm metadados. Aqui, "fluxo" é usado para indicar "dados de tamanho variável", em oposição aos metadados de tamanho fixo, como atributos estendidos, mas difere de "fluxo" usado de outra forma, significando "dados disponíveis ao longo do tempo, potencialmente infinitos".

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.