Abrir menu principal

Suda

(Redirecionado de Suidas)
Disambig grey.svg Nota: Para a cidade de Creta, veja Suda (Creta).
Uma página da Suda, a primeira enciclopédia conhecida da humanidade, publicada em Constantinopla no século X

A Suda (em grego: ἡ Σοῦδα; transl.: i̱ Soúda) é a primeira enciclopédia do mundo, surgida no século X, em Constantinopla. Compila obras e personagens de forma inovadora, isto é, em ordem alfabética.

Apesar de várias imprecisões e erros, a Suda contém informações inestimáveis, uma vez que os seus autores tiveram acesso a numerosas fontes agora perdidas (o teatro de Aristófanes é um dos principais beneficiários). É por isso uma mistura de léxico e enciclopédia bizantina.

Organização dos textosEditar

Hieronymus Wolf foi o primeiro a traduzir a Suda para o latim.[1]

O filólogo Immanuel Bekker organizou a obra alfabeticamente.[2] A atual edição da Suda em grego, base para diversas traduções, foi realizada por Ada Adler.[3] A mesma organizou e criou uma numeração que serve como padrão para citações da obra nas universidades.

A Suda possui 30 000 entradas,[4] muitas das quais derivadas de fontes antigas já perdidas e posteriormente compiladas por pensadores cristãos.

Autores citados na SudaEditar

Vários autores greco-romanos e posteriores são citados na Suda, dos quais alguns só sabemos através dessa obra. Entre eles, podemos destacar:

Ver tambémEditar

Referências

  1. [1] Hieronymus Wolf, "Suidae Historica" (tradução para o latim digitalizada). Basileia: J. Oporinum & Heruagium, 1564. (em latim)
  2. [2] Immanuel Bekker, "Suidae Lexicon" (edição digitalizada). Berlin: Georg Reimer, 1854. (em grego)
  3. [3] "Suda online", tradução que utilizou edição grega e numeração de Ada Adler. (em inglês)
  4. [4] "Suda online". (em inglês)

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.