Sweet Bird of Youth

filme de 1962 dirigido por Richard Brooks

Sweet Bird of Youth (br:Doce Pássaro da Juventude/pt:Corações na Penumbra) é uma produção estadunidense de 1962, do gênero drama, com a direção de Richard Brooks.[1][2] Baseado na peça de Tennessee Williams

Sweet Bird of Youth
Estados Unidos
Direção Richard Brooks
Produção Pandro S. Berman
Roteiro Richard Brooks
Baseado em Sweet Bird of Youth
Elenco Edith Atwater
Madeleine Sherwood
Philip Abbott
Corey Allen
Ed Begley
Geraldine Page
Mildred Dunnock
Paul Newman
Rip Torn
Roy Glenn
Shirley Knight
Gênero drama
Música Bronisław Kaper
Cinematografia Milton Krasner
Distribuição Metro-Goldwyn-Mayer
Lançamento 1962
Duração 120 minuto
Prêmios recebidos Óscar de melhor ator secundário

SinopseEditar

O filme começa com o protagonista, Chance Wayne, bebendo café em um quarto de hotel em St. Cloud, Flórida, enquanto Princess Kosmonopolis, nome por trás do qual se esconde a decadente atriz Alexandra del Lago, dorme na cama no quarto. Princess concorda em ajudar a Chance iniciar uma carreira de ator. Mais tarde,Chance Wayne descobre que tem chance de se conciliar com Heavenly Finley, uma namorada a quem teve a infelicidade de contaminar com uma doença venérea. Isto provocou a ira de Boss Finley, o pai de Heavenly e uma poderosa figura na cidade. No final, não ocorre conciliação de Chance e Heavenly. Fica implícito que ele é castrado pelas mãos dos capangas de Boss Finley pelo fato de ter corrompido a sua filha.

Elenco principalEditar

  • Paul Newman...Chance Wayne
  • Geraldine Page...Alexandra del Lago
  • Shirley Knight...Heavenly Finley
  • Ed Begley...Tom Finley
  • Rip Torn...Thomas J. Finley Jr.
  • Mildred Dunnock...Tia Nonnie
  • Madeleine Sherwood...Srta. Lucy
  • Philip Abbott...Dr. George Scudder
  • Corey Allen...Scotty
  • Barry Cahill...Bud
  • Dub Taylor...Dan Hatcher
  • James B. Douglas...Leroy
  • Barry Atwater...Ben Jackson
  • Charles Arnt...Prefeito Henricks
  • Dorothy Konrad...Maribelle Norris
  • James Chandler...Prof. Brutus Haven Smith
  1. Variety film review; February 28, 1962, page 6.
  2. Harrison's Reports film review; March 10, 1962, page 34.