TV Maracu

TV Maracu
Rádio Maracu Ltda.
Viana, Maranhão
Brasil
Tipo Empresa privada
Canais
11 VHF analógico
Sede Bandeira de Viana.png Viana, MA
Rua Professor Antônio Lopes, 971
MAPA
Rede SBT
Rede(s) anterior(es) Rede Manchete (1997-1999)
TV!, RedeTV! (1999-2000)
Rede Bandeirantes (2000-2016)
Rede Meio Norte (2016-2020)
Fundador(es) Antônio Gaspar
Proprietário(s) Benito Filho
Antigo(s) proprietário(s) Antônio Gaspar (1997)
Edmar Cutrim (1997-2015)
Manoel Ribeiro (2001-2015)
Presidente Benito Filho
Fundação março de 1997 (23 anos)
Emissora(s) irmã(s) Rádio Maracu
Cobertura Viana e áreas próximas
Coord. do transmissor 3° 12' 47.8" S 45° 0' 19.6" O
Potência 2 kW
Página oficial radioetvmaracu.com.br

TV Maracu é uma emissora de televisão brasileira sediada em Viana, cidade do estado do Maranhão. Opera no canal 11 VHF e é afiliada à SBT. A emissora pertence ao ex-prefeito de Viana, Benito Filho, que também é proprietário da Rádio Maracu.

HistóriaEditar

AntecedentesEditar

Em 16 de setembro de 1996, o Ministério das Comunicações publicou no Diário Oficial da União um decreto outorgando o canal 11 VHF de Viana ao ex-deputado federal Antônio Gaspar, e na época, candidato à prefeitura de Viana. No entanto, Gaspar não vence as eleições, e anuncia a venda da concessão e da Rádio Maracu, que estava no ar desde 1991, argumentando que não faria mais sentido ter as emissoras fora da vida política.[1] A emissora então é adquirida pelo deputado estadual Edmar Cutrim, sócio de Antônio Gaspar, porém Gaspar não repassa a emissora para a nova administração.

1997-1999Editar

A TV Maracu entrou no ar em março de 1997, transmitindo a Rede Manchete, como repetidora de TV (RTV). Meses depois, Edmar Cutrim entra na justiça para tomar posse da emissora. Por decisão da Justiça, Cutrim ganha a causa contra Gaspar e toma posse da emissora e da Rádio Maracu.

A TV Maracu transmitiu a Rede Manchete até a sua extinção em 1999, devido à crise da rede iniciada em 1998 por conta de atrasos de salários e queda de audiência. Após a extinção, a emissora acompanha a fase de transição da TV! e depois torna-se afiliada da RedeTV!, em 15 de novembro.

2000-presenteEditar

Em 2000, a emissora torna-se afiliada da Rede Bandeirantes, após os dirigentes considerarem a programação da RedeTV! inferior a da Rede Manchete.[carece de fontes?] Por volta de 2001, Edmar Cutrim vende metade das ações da emissora para Manoel Ribeiro, proprietário do Sistema Maranhense de Radiodifusão.[2]

Em abril de 2015, a emissora e a Rádio Maracu foram compradas pelo ex-prefeito de Viana, Benito Filho, em meio à crise do Sistema Maranhense de Radiodifusão.[3] Em 29 de junho de 2016, após 16 anos como afiliada da Band, a TV Maracu torna-se afiliada da Rede Meio Norte.[4]

Referências

  1. «Dossiê das concessões de TV». Observatório da Imprensa. 20 de agosto de 1997. Consultado em 5 de julho de 2016 
  2. Aquiles Emir (2 de novembro de 2006). «CONVERSA FRANCA (Detonador II)». Jornal Pequeno. Consultado em 2 de novembro de 2012 
  3. «Benito Filho reassume o comando da Rádio Maracu, em Viana». Rádio Maracu AM. 24 de abril de 2015. Consultado em 7 de maio de 2015. Arquivado do original em 8 de maio de 2015 
  4. Luiz Antônio, Morais (28 de junho de 2016). «TV Maracu de Viana é a nova afiliada da TV Meio Norte no MA». Vianensidades. Consultado em 5 de julho de 2016 

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.