Talhas

freguesia de Macedo de Cavaleiros, Portugal
Portugal Portugal Talhas 
  Freguesia  
Localização
Talhas está localizado em: Portugal Continental
Talhas
Localização de Talhas em Portugal
Coordenadas 41° 29' 32" N 6° 42' 10" O
Município MCD1.png Macedo de Cavaleiros
Administração
Tipo Junta de freguesia
Presidente Inácio de Jesus Roma (PADRE) (PS)
Características geográficas
Área total 43,12645 km²
População total (2011) 316 hab.
Densidade 7,3 hab./km²

Talhas é uma freguesia portuguesa do município de Macedo de Cavaleiros, com 43,60 km² de área e 316 habitantes (2011). A sua densidade populacional é de 7,3 hab/km².

Antigamente chamada São Miguel de Talhas foi parte integrante do concelho de Izeda até à sua extinção, em 1855, tendo passado a integrar o concelho de Macedo de Cavaleiros a partir dessa data.[1]

A freguesia de Talhas situa-se no extremo sudeste do município de Macedo de Cavaleiros, no limite com o vizinho município de Vimioso. Fica perto (seis quilómetros) da confluência do Rio Sabor com o Rio Maçãs.

HistóriaEditar

O topónimo Talhas deriva do latim vulgar «tinalia», «talha», no sentido de «vaso grande para líquidos».

A freguesia de Talhas teve a sua origem em épocas muito recuadas, das quais restam ainda alguns vestígios.

Quanto ao seu repovoamento, aconteceu na época em que, tão eficientemente, o município braganção tornou a povoar o termo, que a política interna de D. Sancho I lhe destinou, quer em «Vilares Vedros», que devia já corresponder à povoação que hoje se denomina de Talhas, quer em «Vilares Novos».

Assim, o «Vilar de Talhas» incluía-se na terra de Lampaças. Contudo, perdida a função administrativa desta circunscrição (que fora tradicionalmente da administração da linhagem dos Próceres de Bragança), julga-se que só no século XII, em tempo de D. Sancho I, terá sido incorporada no termo de Bragança pela carta daquele soberano. Neste termo, era Talhas a última paróquia do sudeste da nova e alargada «terra».

Nas Inquirições de 1258, cita-se o «Vilar de Talhas», mas não se deduz a que paróquia pertencia; sabe-se, porém, que a Paróquia de S. Miguel de Talhas já existia nos finais do século XIII, parecendo ter sido resultado do repovoamento real e municipal. Talhas é citada como paróquia, com o orago atual, nas Inquirições de D. Dinis de 1288; e quanto ao padroado, a apresentação do pároco era, entre os séculos XVIII e XX, do Abade de Serapicos. Senhorialmente, a povoação de Talhas foi reguenga e pertenceu depois a Nuno Martins de Chacim e aos filhos e netos de Pedro Aires de Morais, que indevidamente a traziam por honra. Constituído o concelho de Izeda, ficou a pertencer-lhe a freguesia de Talhas, entre outras, até à extinção do mesmo pelo liberalismo.

PopulaçãoEditar

População da freguesia de Talhas[2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
585 539 657 715 691 577 681 746 834 917 790 764 569 417 316

Referências

  1. «Talhas». CM Macedo de Cavaleiros. Consultado em 14 de Outubro de 2013 [ligação inativa]
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes


  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.