Tatsumi Hijikata

Tatsumi Hijikata (Akita, 9 de março de 1928Japão, 21 de janeiro de 1986) foi um dançarino e coreógrafo japonês, criador do butô após a Segunda Guerra Mundial.[1][2] No final dos anos 1960, começou a estabelecer essa forma de dança, que é altamente coreografada com gestos estilizados extraídos de suas memórias de infância no norte do Japão e também dos mortos da guerra.[3]

Kazuo Ohno, um dos primeiros e mais famosos butoístas do mundo todo, foi discípulo de Hijikata.[4] A principal discípula de Hijikata foi Yoko Ashikawa, coreografada por ele e uma das primeiras butoístas a se apresentarem no ocidente.[4]

Para o mestre Hijikata, o butô era como uma filosofia de vida; com base nisso, passava por alguns períodos de introspecção e fazia dietas para o autoconhecimento e o melhor desenvolvimento de sua dança.[4] Ficou durante muitos anos em silêncio, período no qual pesquisou a dança através do feminino.[4]

FrasesEditar

  • "Meu corpo alargou-se sem limites, louco" — Tatsumi Hijikata.[5]
  • "Minha dança faz sinais para aquilo que vem do fundo do meu corpo." — Tatsumi Hihikata.[5]
  • "Crianças pequenas, inconscientemente, consideram as mãos e outras partes de seus corpos como objetos. Sem dúvida nenhuma pensam que uma ou outra parte do corpo é uma terceira pessoa." — Tatsumi Hihikata.[5]

Referências

  1. Cf. International Encyclopedia of Dance, págs. 362-362.
  2. "Japanese performing artes/Since World War II". Encyclopedia Britannica. Consultado em 28/03/2021.
  3. Baird, 2012.
  4. a b c d Ribeiro e Bittencourt, 2018, p. 196.
  5. a b c Citado por Maura Baiocchi, 1995, p. 54.

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar