Disambig grey.svg Nota: Se procura pela localidade estadunidense, veja Tekoa (Washington).

O termo tekoá, também grafado tekoha (pronunciado /tequô'á/), é de origem guarani e significa aldeia guarani. O significado completo da palavra, porém, não se reduz ao lugar habitado pelo grupo guarani. Literalmente, significa o lugar do modo de ser guarani, sendo esta categoria modo de ser (tekó) entendida como um conjunto de preceitos para a vida, em consonância com os regramentos cosmológicos herdados pelos antigos guaranis.

Nem todo lugar habitado por populações guaranis é um tekoá - os acampamentos e áreas de ocupação recentes não são chamados de tekoá. Somente são considerados tekoá áreas onde foram construídas e são mantidas as as casas cerimoniais da tradição guarani e centro das atividades xamânico-religiosas das comunidades. A existência e manutenção de uma opy indica, consequentemente, a existência de um ou mais karaí, os xamãs anciãos guaranis, considerados possuidores de amplos poderes e de muito prestígio entre os indivíduos da comunidade.

Segundo os guaranis moradores da Tekoá Jataí'ty, no estado brasileiro do Rio Grande do Sul, não é possível ser guarani e seguir o tekó sem viver em um tekoá.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.