Abrir menu principal

Terapêuticas não convencionais são, no ordenamento jurídico português, as terapêuticas «que partem de uma base filosófica diferente da medicina convencional e aplicam processos específicos de diagnóstico e terapêuticas próprias.»[1]

Índice

Terapêuticas abrangidasEditar

Estão abrangidas pela Lei n.º 45/2003, de 22 de agosto, as seguintes terapêuticas não convencionais[2]:

RegulamentaçãoEditar

A Lei n.º 45/2003, de 22 de agosto, ainda aguarda regulamentação (Março de 2013), tendo o Governo apresentado na Assembleia da República uma proposta de lei nesse sentido[3].

Ver tambémEditar

Referências

  1. Cf. n.º 1 do artigo 3.º da Lei n.º 45/2003, de 22 de agosto.
  2. Cf. n.º 2 do artigo 3.º da Lei n.º 45/2003, de 22 de agosto.
  3. Cf. Proposta de Lei n.º 111/XII.
  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.