Terreiro Pilão de Cobre

Terreiro Pilão de Cobre ou Terreiro do Cobre[1] como também é conhecido, está localizado no Engenho Velho da Federação, Salvador, Bahia

Um dos mais antigos terreiros de candomblé de Salvador, contemporâneo da Casa Branca do Engenho Velho e Casa de Oxumare, sua história começa na Barroquinha por volta de 1889 e, assim como o Terreiro do Gantois, a transmissão do cargo de Iyalorixá é somente entre os descendentes consanguíneos, ou seja, hierarquia familiar. Caracterizado por cultuar as três nações do Candomblé Ketu, Jeje e Bantu.

  • Flaviana Maria da Conceição Bianchi filha da fundadora
  • Mãe Valnizia de Ayrá - Mãe Val[2]

Ver tambémEditar

Referências

Ligações externasEditar