Tete (lancha-canhoneira)

A Tete foi uma lancha-canhoneira lançada em Lisboa em 1903. Integrou a Esquadrilha do Zambeze em Moçambique. No dia 27 de fevereiro de 1917 perdeu-se no rio Zambeze por explosão da caldeira.

Tete
Carreira   Bandeira da marinha que serviu Bandeira da marinha que serviu Portugal
Lançamento 1903
Características gerais
Tipo de navio Lancha canhoneira

ArmamentoEditar

Possuía e dua peças hotchkiss de 37mm e na dianteira uma metralhadora hotchkiss de 6,5mm.

Segundo-tenente Mário de Sena Barcelos do Nascimento, comandante e vítima mortal da catástrofe da Tete

Referências

Ligações externaEditar

  Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.