The Girl from 10th Avenue

filme de 1935 dirigido por Alfred E. Green

The Girl from 10th Avenue (bra: Quando o Amor Agarra)[4] é um filme estadunidense de 1935, do gênero drama romântico, dirigido por Alfred E. Green, estrelado por Bette Davis, e coestrelado por Ian Hunter, Colin Clive, Alison Skipworth e John Eldredge. O roteiro de Charles Kenyon foi baseado na peça teatral "Outcast" (1914), de Hubert Henry Davies.[1] O filme foi distribuído no Reino Unido como Men on Her Mind.[2]

The Girl from 10th Avenue
The Girl from 10th Avenue
Cartaz promocional do filme.
No Brasil Quando o Amor Agarra
No Reino Unido Men on Her Mind
 Estados Unidos
1935 •  p&b •  69 min 
Gênero drama romântico
Direção Alfred E. Green
Produção Henry Blanke
Robert Lord
Roteiro Charles Kenyon
Baseado em Outcast
peça teatral de 1914
de Hubert Henry Davies[1]
Elenco Bette Davis
Música Heinz Roemheld
Cinematografia James Van Trees
Edição Owen Marks
Companhia(s) produtora(s) First National Pictures
Distribuição First National Pictures
Lançamento
  • 26 de maio de 1935 (1935-05-26) (Estados Unidos)[2]
Idioma inglês
Orçamento US$ 186.000[3]
Receita US$ 428.000[3]

Sinopse editar

Geoffrey Sherwood (Ian Hunter) é rejeitado por sua noiva Valentine French (Katharine Alexander) em favor do pretendente mais rico John Marland (Colin Clive), e assiste o casamento dos dois do lado de fora da igreja. Embriagado, ele fica cada vez mais alcoolizado, chamando a atenção de dois policiais e de Miriam Brady (Bette Davis), uma vendedora em seu horário de almoço, que leva Geoffrey a uma cafeteria para poupá-lo da prisão. Na cafeteria, eles encontram Hugh Brown (John Eldredge) e Tony Hewlett (Phillip Reed), dois de seus amigos da alta sociedade, que oferecem a Miriam US$ 100 para ficar de olho em Geoffrey e garantir que ele fique longe de problemas.

Na manhã seguinte, Miriam e Geoffrey descobrem que, sob a influência de bebidas alcoólicas, foram casados por um juiz de paz. Miriam se oferece para libertar o novo marido dos votos do casamento, mas ele decide ficar com ela. Eles arranjam um apartamento em um bairro de classe baixa e, enquanto Geoff começa seu próprio negócio, Miriam tenta se aprimorar com a ajuda de Sra. Martin (Alison Skipworth), sua senhoria e ex-corista. Com sua esposa ajudando-o a ficar sóbrio, Geoff se mantém firme e o casamento começa a se solidificar até que Valentine reaparece dizendo que o quer de volta.

Elenco editar

  • Bette Davis como Miriam Brady
  • Ian Hunter como Geoffrey Sherwood
  • Colin Clive como John Marland
  • Alison Skipworth como Sra. Martin
  • John Eldredge como Hugh Brown
  • Katharine Alexander como Valentine French
  • Phillip Reed como Tony Hewlett

Produção editar

Essa foi a quarta adaptação para a tela da peça teatral "Outcast", de Hubert Henry Davies, que teve 168 apresentações no Lyceum Theatre, na Broadway.[5] A primeira versão cinematográfica foi feita em 1916, com Jeanne Eagels. A segunda versão estreou em 1917 e foi estrelada por Ann Murdock, com Dick Powell co-estrelando.

Powell reprisou seu papel na versão cinematográfica de 1922 ao lado de Elsie Ferguson, que estrelou a produção original da Broadway. A versão de 1928, produzida com discos Vitaphone e efeitos sonoros, foi estrelada por Corinne Griffith.[6]

Por causa do Código de Produção, esta versão da história foi a primeira que não apresentou Miriam, a protagonista, como uma prostituta. Considerado um tema lascivo e contra as condutas da época, a protagonista foi introduzida como uma vendedora.[7]

Recepção editar

A revista Variety escreveu: "A narrativa está repleta de sequências implausíveis e o enredo ... muitas vezes acaba em becos sem saída. Mas a direção hábil e a trupe suave com Davis fazem com que esses defeitos não sejam muito perceptíveis".[8]

Bilheteria editar

De acordo os registros da First National Pictures, o filme arrecadou US$ 322.000 nacionalmente e US$ 106.000 no exterior, totalizando US$ 428.000 mundialmente.[3]

Referências

  1. a b «Outcast». Internet Broadway Database. Consultado em 30 de julho de 2022 
  2. a b «The First 100 Years 1893–1993: The Girl from 10th Avenue (1935)». American Film Institute Catalog. Consultado em 28 de julho de 2022 
  3. a b c Sedgwick, John (1 de novembro de 2000). Popular Filmgoing in 1930s Britain: A Choice of Pleasures. Inglaterra: University of Exeter Press. p. 206. ISBN 978-0859896603 
  4. «Quando o Amor Agarra (1935)». Brasil: CinePlayers. Consultado em 28 de julho de 2022 
  5. «Outcast». Internet Broadway Database. Consultado em 28 de julho de 2022 
  6. «The Girl from 10th Avenue (1935)». Turner Classic Movies (em inglês). 20 de abril de 2006. Consultado em 28 de julho de 2022 
  7. «The Girl from 10th Avenue (1935) – Notes». Turner Classic Movies (em inglês). 20 de abril de 2006. Consultado em 30 de julho de 2022 
  8. «The Girl from Tenth Avenue». Variety (em inglês). 31 de dezembro de 1934. Consultado em 28 de julho de 2022